BRASIL , Sudeste , Homem , de 26 a 35 anos , Portuguese , English , Música , Esportes , Amor
Outro -
Magia Gifs - O melhor site de GIFs!

Meu Humor



PERFIL
Nome:Nilceu Francisco

Aniversário:11 de julho

Cidade:Campinas-SP

Gosto:Boas amizades, Viver, Conquistar, Amar

Hobby:Compor

Filmes:Aprecio a todos os gêneros

Músicas:Dance, Românticas... Preferidas :Folhas de outono; As rosas não falam, Palavras lindas...

GREVE DOS PROFESSORES EM SP

SOM
Tema do filme " Ao mestre com carinho"


ALUNOS, EX-ALUNOS DE DIVERSAS ESCOLAS ONDE TRABALHO OU TRABALHEI.

MEUS OUTROS BLOGS

PAPAIS


FOLCLORE


OLIMPÍADAS BRASIL LÁ


CÂMERA OCULTA


O UÓ DO BOROGODÓ


MAMÃES


PAIXÃO POR CRISTO


BIG & BLOG


TÔ COM A MACACA


ENVIE CARINHOS


LOVE STORIESS


BLOG NILCEU


GARGALHADAS


RECANTO SANTISTA


BLOG POLÍTICA


PROSAMOROSA


BLOG ADULTO


FOTOLOG DA FAMA


FOTOBLOG SENSUAL


NATAL DOS SONHOS-Pesquisa


BLOG NEWCEU- Pesquisa


BLOG PAN-PAN - Pesquisa


BLOG FOLCLORE - Pesquisa


CAUSOS & FOLIAS - Pesquisa


BYE, BYE, tristeza - Pesquisa


ESPORTES & SPORTS - Pesquisa


HOME

LINKS

Aulas
ANPED
APEOESP
APRENDIZ UOL
Banco Brasil
BANCO ITAÚ
BANESPA
BLOGGER
BOL
BRADESCO
CAIXA FEDERAL
CENP - EDUNET
Como estudar
CONCURSOS
CPP
CURIOSIDADES
D.E. Leste
D.E. Oeste
Downloads Livros
ENEM
FATOS
Folclore
G1 Notícias
Gifs Best
GLOBO
Imprensa Oficial
Lição Casa
Ling Estrangeira
Literat e Gramát
Livros-Downloads
Ministério Fazenda
MEC
Nossa Caixa
PEGADINHAS
Portal MEC
Prefeitura Cps
PUCCAMP
Revista Profs
Secretaria Educação
TERRA
UNICAMP
UOL
USP
YAHOO
Manual Profs
Sonhos
Extra/Globo
EducarCrescer
EAD


Votação

Dê uma nota para meu blog OBRAS DE ARTE ALEIJADINHO, ANITA MALFATI, PORTINARI, MICHELANGÊLO, TARSILA DO AMARAL


INDIQUE

Indique esse Blog PESQUISE ARQUIVOS

25/08/2013 a 31/08/2013

11/08/2013 a 17/08/2013

21/07/2013 a 27/07/2013

23/06/2013 a 29/06/2013

21/04/2013 a 27/04/2013

14/04/2013 a 20/04/2013

07/04/2013 a 13/04/2013

11/11/2012 a 17/11/2012

04/11/2012 a 10/11/2012

14/10/2012 a 20/10/2012

01/07/2012 a 07/07/2012

29/04/2012 a 05/05/2012

22/04/2012 a 28/04/2012

26/02/2012 a 03/03/2012

29/01/2012 a 04/02/2012

08/01/2012 a 14/01/2012

01/01/2012 a 07/01/2012

18/12/2011 a 24/12/2011

27/11/2011 a 03/12/2011

20/11/2011 a 26/11/2011

13/11/2011 a 19/11/2011

23/10/2011 a 29/10/2011

09/10/2011 a 15/10/2011

18/09/2011 a 24/09/2011

11/09/2011 a 17/09/2011

04/09/2011 a 10/09/2011

14/08/2011 a 20/08/2011

07/08/2011 a 13/08/2011

10/07/2011 a 16/07/2011

26/06/2011 a 02/07/2011

05/06/2011 a 11/06/2011

29/05/2011 a 04/06/2011

08/05/2011 a 14/05/2011

24/04/2011 a 30/04/2011

10/04/2011 a 16/04/2011

13/03/2011 a 19/03/2011

27/02/2011 a 05/03/2011

20/02/2011 a 26/02/2011

06/02/2011 a 12/02/2011

16/01/2011 a 22/01/2011

26/12/2010 a 01/01/2011

19/12/2010 a 25/12/2010

05/12/2010 a 11/12/2010

07/11/2010 a 13/11/2010

17/10/2010 a 23/10/2010

10/10/2010 a 16/10/2010

03/10/2010 a 09/10/2010

12/09/2010 a 18/09/2010

05/09/2010 a 11/09/2010

29/08/2010 a 04/09/2010

22/08/2010 a 28/08/2010

15/08/2010 a 21/08/2010

08/08/2010 a 14/08/2010

04/07/2010 a 10/07/2010

20/06/2010 a 26/06/2010

13/06/2010 a 19/06/2010

23/05/2010 a 29/05/2010

16/05/2010 a 22/05/2010

02/05/2010 a 08/05/2010

25/04/2010 a 01/05/2010

11/04/2010 a 17/04/2010

04/04/2010 a 10/04/2010

28/03/2010 a 03/04/2010

21/03/2010 a 27/03/2010

14/03/2010 a 20/03/2010

07/03/2010 a 13/03/2010

28/02/2010 a 06/03/2010

21/02/2010 a 27/02/2010

07/02/2010 a 13/02/2010

31/01/2010 a 06/02/2010

24/01/2010 a 30/01/2010

17/01/2010 a 23/01/2010

10/01/2010 a 16/01/2010

27/12/2009 a 02/01/2010

20/12/2009 a 26/12/2009

13/12/2009 a 19/12/2009

29/11/2009 a 05/12/2009

22/11/2009 a 28/11/2009

15/11/2009 a 21/11/2009

08/11/2009 a 14/11/2009

01/11/2009 a 07/11/2009

25/10/2009 a 31/10/2009

18/10/2009 a 24/10/2009

11/10/2009 a 17/10/2009

04/10/2009 a 10/10/2009

27/09/2009 a 03/10/2009

20/09/2009 a 26/09/2009

13/09/2009 a 19/09/2009

06/09/2009 a 12/09/2009

23/08/2009 a 29/08/2009

09/08/2009 a 15/08/2009

02/08/2009 a 08/08/2009

26/07/2009 a 01/08/2009

19/07/2009 a 25/07/2009

12/07/2009 a 18/07/2009

05/07/2009 a 11/07/2009

28/06/2009 a 04/07/2009

21/06/2009 a 27/06/2009

14/06/2009 a 20/06/2009

07/06/2009 a 13/06/2009

31/05/2009 a 06/06/2009

24/05/2009 a 30/05/2009

17/05/2009 a 23/05/2009

10/05/2009 a 16/05/2009

03/05/2009 a 09/05/2009

26/04/2009 a 02/05/2009

19/04/2009 a 25/04/2009

12/04/2009 a 18/04/2009

05/04/2009 a 11/04/2009

29/03/2009 a 04/04/2009

22/03/2009 a 28/03/2009

15/03/2009 a 21/03/2009

08/03/2009 a 14/03/2009

01/03/2009 a 07/03/2009

22/02/2009 a 28/02/2009

08/02/2009 a 14/02/2009

01/02/2009 a 07/02/2009

25/01/2009 a 31/01/2009

18/01/2009 a 24/01/2009

11/01/2009 a 17/01/2009

04/01/2009 a 10/01/2009

28/12/2008 a 03/01/2009

21/12/2008 a 27/12/2008

14/12/2008 a 20/12/2008

07/12/2008 a 13/12/2008

30/11/2008 a 06/12/2008

23/11/2008 a 29/11/2008

16/11/2008 a 22/11/2008

09/11/2008 a 15/11/2008

02/11/2008 a 08/11/2008

26/10/2008 a 01/11/2008

19/10/2008 a 25/10/2008

12/10/2008 a 18/10/2008

05/10/2008 a 11/10/2008

28/09/2008 a 04/10/2008

14/09/2008 a 20/09/2008

07/09/2008 a 13/09/2008

31/08/2008 a 06/09/2008

24/08/2008 a 30/08/2008

17/08/2008 a 23/08/2008

10/08/2008 a 16/08/2008

03/08/2008 a 09/08/2008

27/07/2008 a 02/08/2008

20/07/2008 a 26/07/2008

13/07/2008 a 19/07/2008

06/07/2008 a 12/07/2008

29/06/2008 a 05/07/2008

22/06/2008 a 28/06/2008

15/06/2008 a 21/06/2008

08/06/2008 a 14/06/2008

01/06/2008 a 07/06/2008

25/05/2008 a 31/05/2008

18/05/2008 a 24/05/2008

11/05/2008 a 17/05/2008

04/05/2008 a 10/05/2008

27/04/2008 a 03/05/2008

20/04/2008 a 26/04/2008

13/04/2008 a 19/04/2008

06/04/2008 a 12/04/2008

30/03/2008 a 05/04/2008

23/03/2008 a 29/03/2008

16/03/2008 a 22/03/2008

09/03/2008 a 15/03/2008

02/03/2008 a 08/03/2008

24/02/2008 a 01/03/2008

17/02/2008 a 23/02/2008

10/02/2008 a 16/02/2008

03/02/2008 a 09/02/2008

27/01/2008 a 02/02/2008

20/01/2008 a 26/01/2008

13/01/2008 a 19/01/2008

06/01/2008 a 12/01/2008

30/12/2007 a 05/01/2008

23/12/2007 a 29/12/2007

16/12/2007 a 22/12/2007

09/12/2007 a 15/12/2007

02/12/2007 a 08/12/2007

25/11/2007 a 01/12/2007

18/11/2007 a 24/11/2007

11/11/2007 a 17/11/2007

04/11/2007 a 10/11/2007

28/10/2007 a 03/11/2007

21/10/2007 a 27/10/2007

14/10/2007 a 20/10/2007

07/10/2007 a 13/10/2007

30/09/2007 a 06/10/2007

23/09/2007 a 29/09/2007

16/09/2007 a 22/09/2007

09/09/2007 a 15/09/2007

02/09/2007 a 08/09/2007

26/08/2007 a 01/09/2007

19/08/2007 a 25/08/2007

12/08/2007 a 18/08/2007

05/08/2007 a 11/08/2007

29/07/2007 a 04/08/2007

22/07/2007 a 28/07/2007

15/07/2007 a 21/07/2007

08/07/2007 a 14/07/2007

01/07/2007 a 07/07/2007

24/06/2007 a 30/06/2007

17/06/2007 a 23/06/2007

10/06/2007 a 16/06/2007

03/06/2007 a 09/06/2007

27/05/2007 a 02/06/2007

20/05/2007 a 26/05/2007

13/05/2007 a 19/05/2007

06/05/2007 a 12/05/2007

29/04/2007 a 05/05/2007

22/04/2007 a 28/04/2007

15/04/2007 a 21/04/2007

08/04/2007 a 14/04/2007

01/04/2007 a 07/04/2007

25/03/2007 a 31/03/2007

18/03/2007 a 24/03/2007

11/03/2007 a 17/03/2007

04/03/2007 a 10/03/2007

25/02/2007 a 03/03/2007

18/02/2007 a 24/02/2007

11/02/2007 a 17/02/2007

04/02/2007 a 10/02/2007

28/01/2007 a 03/02/2007

21/01/2007 a 27/01/2007

07/01/2007 a 13/01/2007

31/12/2006 a 06/01/2007

24/12/2006 a 30/12/2006

17/12/2006 a 23/12/2006

10/12/2006 a 16/12/2006

03/12/2006 a 09/12/2006

26/11/2006 a 02/12/2006

19/11/2006 a 25/11/2006

12/11/2006 a 18/11/2006

05/11/2006 a 11/11/2006

29/10/2006 a 04/11/2006

22/10/2006 a 28/10/2006

15/10/2006 a 21/10/2006

08/10/2006 a 14/10/2006

01/10/2006 a 07/10/2006

24/09/2006 a 30/09/2006

10/09/2006 a 16/09/2006

03/09/2006 a 09/09/2006

27/08/2006 a 02/09/2006

20/08/2006 a 26/08/2006

13/08/2006 a 19/08/2006

06/08/2006 a 12/08/2006

30/07/2006 a 05/08/2006

16/07/2006 a 22/07/2006

09/07/2006 a 15/07/2006

02/07/2006 a 08/07/2006

25/06/2006 a 01/07/2006

18/06/2006 a 24/06/2006

04/06/2006 a 10/06/2006

28/05/2006 a 03/06/2006

21/05/2006 a 27/05/2006

14/05/2006 a 20/05/2006

30/04/2006 a 06/05/2006

23/04/2006 a 29/04/2006

16/04/2006 a 22/04/2006

02/04/2006 a 08/04/2006

19/03/2006 a 25/03/2006

12/03/2006 a 18/03/2006

05/03/2006 a 11/03/2006

19/02/2006 a 25/02/2006

12/02/2006 a 18/02/2006

05/02/2006 a 11/02/2006

29/01/2006 a 04/02/2006

22/01/2006 a 28/01/2006

15/01/2006 a 21/01/2006

08/01/2006 a 14/01/2006

01/01/2006 a 07/01/2006

25/12/2005 a 31/12/2005

18/12/2005 a 24/12/2005

11/12/2005 a 17/12/2005

04/12/2005 a 10/12/2005

27/11/2005 a 03/12/2005

20/11/2005 a 26/11/2005

13/11/2005 a 19/11/2005

06/11/2005 a 12/11/2005

30/10/2005 a 05/11/2005

23/10/2005 a 29/10/2005

16/10/2005 a 22/10/2005

09/10/2005 a 15/10/2005

02/10/2005 a 08/10/2005

25/09/2005 a 01/10/2005

18/09/2005 a 24/09/2005

11/09/2005 a 17/09/2005

04/09/2005 a 10/09/2005

28/08/2005 a 03/09/2005

21/08/2005 a 27/08/2005

14/08/2005 a 20/08/2005

07/08/2005 a 13/08/2005


Créditos




Por que os brasileiros estão fugindo da escola pública?

 

Em 2006, a rede pública de ensino teve 311 mil alunos a menos do que no ano anterior, segundo informações da Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio). O número representa um encolhimento de 0,7%. O IBGE aponta que a diminuição do número de alunos pode ser resultado, em parte, de mudanças na estrutura demográfica.

O fato é que as escolas particulares, no mesmo período, ganharam 263 mil novos alunos no ensino fundamental e 7 mil no ensino médio. Os números sugerem que houve troca de rede de ensino. De modo geral, o número de matrículas nas escolas particulares aumentou em 7,5%, com 781 mil estudantes a mais que no ano anterior.

Folha on-line

Editado por NilceuProf

Haloscan

Zip Net


Enviar esta mensagem




EDUCAÇÃO: PESQUISA I.B.G.E.

 

Qualidade de ensino, violência e greves são alguns dos motivos que levam os brasileiros a fugir das escolas públicas, segundo professores, pais e diretores de escola.

Entre 2005 e 2006, mais de
311 mil alunos deixaram a rede pública de ensino, apontou pesquisa do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

"Com as facilidades que os alunos da rede pública ganharam para entrar na universidade [ProUni, cotas ou pontos adicionais no vestibular etc], a gente esperava que houvesse uma migração para as públicas. Se acontece o contrário, é porque, infelizmente, o ensino público é mesmo uma porcaria", diz o coordenador de matemática da rede Objetivo, Giuseppe Nobiloni.

Os números referentes a São Paulo mostram que o fenômeno nacional se repete no Estado. O quadro de alunos de ensino fundamental e médio das escolas públicas encolheu 134 milhões de 2005 para 2006. No mesmo período, as escolas particulares ganharam 189 milhões de estudantes.

A ex-secretária de educação do município de São Paulo, Eny Maia, atribui parte desse fenômeno à necessidade de os alunos se prepararem para o vestibular. Segundo ela, a escola pública tem "outros objetivos".

"A rede do governo não privilegia a memorização, como pedem alguns vestibulares", afirma Maia.

Ela relativiza uma suposta melhor qualidade das escolas particulares: "Há escolas e escolas. As públicas são melhores que muitas dessas particulares por aí, que impressionam por ter poucos alunos por sala. Além disso, os pais buscam escolas que não tenham greve", diz.

Último caso


Professora da rede pública há 15 anos, Marisa Martins é um dos exemplos de pessoas que preferem o sistema privado. Ela diz que só matricularia o filho em escola do governo "em último caso".

"Gostaria de poder colocá-lo numa escola pública, mas elas são muito ruins. Meu principal medo é a violência. Não há segurança nem para os professores, nem para os alunos", aponta Martins.

Para ela, os baixos salários pagos aos professores e a má organização das escolas públicas estão entre as causas da baixa qualidade.

Procurados pela reportagem, nem a Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, nem o Ministério da Educação e Cultura comentaram os dados da pesquisa do IBGE.

Folha on-line

Editado por NilceuProf

Haloscan

Zip Net


Enviar esta mensagem




PROFESSORES  DAS ESTADUAIS : GREVE, AINDA NÃO!

 

OS MUNICIPAIS  DA CAPITAL PAULISTA ENTRARÃO

EM GREVE, A PARTIR DO PRÓXIMO DIA 25

 

Em assembléia realizada na noite desta sexta-feira (14), na Praça da República, no Centro de São Paulo, os professores da rede estadual de ensino decidiram não decretar greve. De acordo com a Polícia Militar, cerca de 3 mil pessoas participam da assembléia.  

 

O presidente do Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp), Carlos Ramiro, se disse surpreso com a decisão dos professores. "Será difícil conseguir sensibilizar o governador para nossas reivindicações sem a greve. Vamos passar mais um ano sem reajuste", disse.

Os manifestantes querem negociar com o governo uma pauta de reivindicações que abrange reajuste salarial de 35,68%. Eles cobram ainda respeito à data-base, incorporação das gratificações e bônus com extensão aos aposentados e correção imediata das distorções dos Planos de Carreira, entre outros pontos.

De acordo com o sindicato, atualmente o piso salarial da categoria é de R$ 668. Com as gratificações, pode chegar a R$ 900. Os professores esperam elevar esta remuneração para R$ 1.626,56, valor fixado pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). Segundo a Apeoesp, há 220 mil professores e 5.700 escolas estaduais em São Paulo.

 

Ao final da manifestação, os participantes decidiram pela realização de uma nova assembléia já no próximo dia 28 de setembro, uma sexta-feira, novamente na Praça da República.

 

Greve municipal

Em assembléia realizada na tarde desta sexta-feira (14), os professores da rede de ensino municipal decidiram entrar em greve no dia 25 de setembro. A reunião ocorreu na Rua Líbero Badaró e terminou por volta das 17h.

Editado por NilceuProf

Haloscan

Zip Net


Enviar esta mensagem




Professores de São Paulo :  greve nesta sexta-feira



Funcionários e professores das redes estadual e municipal de educação em São Paulo podem entrar em greve nesta sexta-feira (14).

Ambas as categorias farão assembléias na capital paulista para discutir essa possibilidade, dado o entrave nas negociações com governo e prefeitura. A expectativa dos sindicatos é que as aulas sejam suspensas em razão das manifestações, mas essa possibilidade depende da adesão de cada escola ao movimento.

O Sinpeem (Sindicato dos Profissionais em Educação no Ensino Municipal de São Paulo) programou uma manifestação para esta sexta, na região central de São Paulo, em frente à Secretaria Municipal de Gestão.

No âmbito municipal, os funcionários trabalham com uma pauta de negociações unificada. Os profissionais pedem um aumento salarial de 43%, além da incorporação do maior valor de gratificação paga aos professores, no valor de R$ 450. De acordo com o Sinpeem, um docente em início de carreira com nível superior recebe R$ 621 mensais de salário.

Ainda segundo o Sinpeem, a prefeitura propôs apenas o pagamento de vale-alimentação mensal no valor de R$ 190, pago aos servidores na ativa que ganham até cinco salários mínimos. Os sindicalistas discordam e querem que o benefício seja estendido a todos os funcionários. A secretaria não se posicionou sobre o assunto.

Educação estadual


Os funcionários da educação estadual também realizam uma campanha salarial conjunta, mas com reivindicações diferentes de acordo com cada função. Os professores, por exemplo, querem pelo menos 35% de reajuste salarial.

Desde segunda-feira, os sindicatos ligados a esses profissionais, como professores, diretores, supervisores e outros funcionários, estão acampados na Praça da República, no centro de São Paulo, durante o dia, para pressionar o governo pelo reajuste. Eles farão uma assembléia no local para votar pela paralização.

De acordo com a secretaria de Educação do Estado, as reivindicações dos sindicatos, somadas, gerariam gastos de R$ 8,1 bi -- o que representaria 90% do total de gastos com pessoal nessa área durante o ano passado.

"Caso as reivindicações fossem atendidas, por exemplo, as escolas teriam de ser fechadas, pois não haveria recursos para mantê-las, haveria atraso nos pagamento de salários, o estado quebraria, deixaria de receber transferências, obras de metrô, Rodoanel", informa o órgão, em nota.

Conforme a secretaria, um professor em início de carreira com nível superior que atue da quarta série ao ensino médio ganha R$ 1,03 mil por 21 horas semanais de trabalho efetivo. Além disso, esses profissionais recebem um bônus anual de R$ 1,2 mil.

Editado por NilceuProf

Haloscan

Zip Net


Enviar esta mensagem




FUVEST: DOMINGO É O ÚLTIMO DIA PARA INSCRIÇÃO

 

Termina no próximo domingo, dia 16, período para inscrição no vestibular da Fuvest 2008. Nesta quarta-feira encerrou-se o prazo para o pagamento da taxa de R$ 100. No domingo os vestibulandos podem entregar as fichas e os comprovantes de pagamento da taxa em um dos 40 postos credenciados.

» Confira o calendário completo da Fuvest

A última chance para o candidato se inscrever será no dia 17, segunda-feira, com uma taxa adicional de R$ 10, que deve ser paga na agência do banco Santander da Universidade de São Paulo (USP).

A Fuvest alerta que a ficha de inscrição deve ser preenchida com cuidado para não causar erros de identificação das letras e não deve ser dobrada ou amassada. O candidato deve ainda colar uma foto 3x4, datada de 2007, escrevendo o nome completo no verso.

O vestibular da Fuvest oferece 10.302 vagas para a Universidade de São Paulo (USP), 100 vagas para a Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo e 150 para a Academia de Polícia Militar do Barro Branco (APMBB).

Provas


A primeira fase será realizada durante a tarde do dia 25 de novembro de 2007. A prova conterá 90 questões, valendo 1 ponto cada uma, das quais até 10% terão abordagem interdisciplinar.

A segunda fase, que acontece entre 6 e 10 de janeiro de 2008, é constituída por quatro provas analítico-expositivas, uma de português, que é válida para todos, e mais três específicas para cada curso.

Mais informações podem ser obtidas com a própria Fuvest, pelo telefone(11) 3093-2300, ou pelo site www.fuvest.com.br.

Terra

Editado por NilceuProf

Haloscan

Zip Net


Enviar esta mensagem




Merendeiras dizem receber prêmio para racionar comida em escolas

 

Cozinheiras de três escolas municipais da zona leste de São Paulo afirmaram que ganham um prêmio para racionar comida nas unidades, revela reportagem publicada .

Durante vistorias promovidas pelo CAE (Conselho de Alimentação Escolar) --um dos órgãos oficiais de fiscalização da merenda--, nove cozinheiras relataram práticas como entregar a maçã aos alunos pela metade; esmiuçar pedaços de frango misturados a legumes que não estavam previstos no cardápio --para a refeição render mais; e acrescentar bastante água ao molho de tomate.

A reportagem mostra que as merendeiras disseram ter como "prêmio de economia" um bônus mensal de R$ 40 pago pela empresa terceirizada, a Nutriplus, contratada pela Prefeitura de São Paulo para realizar os serviços em 158 unidades escolares.

A Nutriplus confirma a existência de um prêmio às merendeiras, mas afirma ser somente um incentivo "à qualidade do serviço como um todo", e não à economia de alimentos

O secretário municipal de Gestão, Januário Montone, afirma que a acusação do CAE está sendo apurada e que ainda não existe comprovação sobre a suposta irregularidade.

Folha on-line

Editado por NilceuProf

Haloscan

Zip Net


Enviar esta mensagem




Professores de SP identificam e ensinam alunos superdotados

 

O Estado de São Paulo conta, a partir de agora, com 270 professores altamente capacitados para identificar e encaminhar alunos superdotados. A Secretaria Estadual de Educação finalizou a formação desta turma, chamada de "caça-talentos" e composta por supervisores, assistentes técnico pedagógicos e professores coordenadores. Esses profissionais receberam treinamento durante um ano.

A iniciativa pretende identificar alunos superdotados, direcionando o aprendizado em temas que sejam necessários ao dia-a-dia dos estudantes. Até então os superdotados da rede estadual de educação eram identificados pela sensibilidade dos professores.

A diretora do Cape (Centro de Apoio Pedagógico Especializado), Maria Elisabete da Costa, explicou que superdotado não é aquele aluno que tem facilidade de memorizar fórmulas e decorar datas, como a maioria pensa. O perfil desse estudante envolve muito mais a combinação de sensibilidade, criatividade e capacidade de criar e propor soluções novas para problemas na sala de aula.

Identificação de superdotados
O processo da secretaria teve início em 2005, quando dois integrantes foram treinados por consultores da Unesco, em Brasília. Na ocasião, aprenderam como identificar os superdotados. Os últimos números da Secretaria Estadual de Educação de São Paulo apontavam para 79 superdotados na rede.

Maria Elisabete da Costa acrescentou que a idéia é aproveitar o aluno superdotado para servir como exemplo aos colegas. Segundo ela, as qualidades desse tipo de estudante são potencializadas e servem para a turma crescer.

As características de alunos superdotados são: alto grau de curiosidade, boa memória, atenção concentrada, persistência, independência, autonomia, facilidade de aprendizagem, criatividade, iniciativa e liderança.

UOL

Editado por NilceuProf

Haloscan

Zip Net


Enviar esta mensagem




Aluno a distância vai melhor no Enade

 

Os alunos que ingressaram em cursos superiores com a modalidade de educação a distância têm mostrado melhor desempenho do que os estudantes que fazem o mesmo curso da maneira tradicional, segundo os primeiros resultados do Enade (exame do MEC que avalia o ensino superior), revela reportagem publicada nesta segunda-feira pela Folha (íntegra disponível para assinantes da Folha ou do UOL).

Levantamento feito pelo Inep (órgão de avaliação e pesquisa do MEC) aponta que os alunos de cursos a distância se saíram melhor em 7 das 13 áreas onde essa comparação é possível.

A análise mostra vantagem ainda maior nos primeiros anos de curso --9 entre 13 áreas de ensino. Turismo e ciências sociais apresentam vantagem favorável aos cursos a distância. No ensino presencial, o melhor desempenho foi registrado nos cursos de geografia e história.

Folha On-line

Editado por NilceuProf

Haloscan

Zip Net


Enviar esta mensagem




Crianças sofrem de estresse pré-escolar, aponta pesquisa britânica

 

A expectativa de conhecer um novo ambiente e novos colegas pode causar estresse em crianças até seis meses antes de começarem a estudar. É o que sugere uma pesquisa realizada pelo Conselho de Pesquisa Econômica e Social da Universidade de Bath, no Reino Unido, com 53 meninos e 52 meninas que cursavam a primeira série.

Os pesquisadores mediram os níveis do hormônio cortisol nos alunos de três a seis meses antes da primeira aula, duas semanas após o início das aulas e, novamente, seis meses depois. Os pais monitoraram os diários dos filhos e os professores responderam questionários sobre o comportamento dos estudantes.

Eles se surpreenderam ao constatar que os níveis hormonais já eram altos desde a primeira coleta. E acreditam que o estresse antecipado dos pais com o começo da vida escolar do filho possa influenciar no comportamento da criança.

Os mais extrovertidos apresentaram índices mais altos de cortisol do que os mais tímidos. No entanto, de acordo com Julie Turner-Cobb, coordenadora do estudo, estudantes com esse perfil já apresentam normalmente níveis mais elevados desse hormônio. "Eles são mais impulsivos e se colocam em mais situações de confronto", diz.

A pesquisa também aponta que quantidades mais altas de cortisol influenciam no sistema imunológico dos estudantes, especialmente se são mantidas durante todo o dia. Crianças com níveis hormonais elevados estavam menos sujeitas aos sintomas da gripe durante os seis meses posteriores e, quando gripadas, faltaram menos dias na escola. Elas também estavam mais propensas a ficar doentes durante os feriados e as férias, o que faz os estudiosos acreditarem que altos níveis de estresse provoquem alguma proteção contra doenças.

Folha de SP

Editado por NilceuProf

Haloscan

Zip Net


Enviar esta mensagem




Fuvest recebe ficha de inscrições neste domingo

 

A Fuvest recebe neste domingo, dia 9 de setembro, das 8h às 17h, as fichas de inscrição para o vestibular 2008. A entrega deve ser feita em um dos 39 postos da instituição. Confira o calendário abaixo.

» Confira o calendário completo da Fuvest

O kit de inscrição, que custa R$ 9, pode ser comprado até o dia 12 de setembro nas agências credenciadas do banco Santander. A taxa de R$ 100 deve ser paga até este dia.

No próximo domingo, dia 16 de setembro, os candidatos também podem entregar as fichas. Segundo a Fuvest, a última chance é no dia 17 do mesmo mês, com uma taxa adicional de R$ 10, que deve ser paga no Santander da Universidade de São Paulo (USP).

A Fuvest alerta que a ficha de inscrição deve ser preenchida com cuidado para não causar erros de identificação das letras e não deve ser dobrada ou amassada. O candidato deve ainda colar uma foto 3x4, datada de 2007, escrevendo o nome completo no verso.

O vestibular da Fuvest oferece 10.302 vagas para a Universidade de São Paulo (USP), 100 vagas para a Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo e 150 para a Academia de Polícia Militar do Barro Branco (APMBB).

Provas

A primeira fase será realizada durante a tarde do dia 25 de novembro de 2007. A prova conterá 90 questões, valendo 1 ponto cada uma, das quais até 10% terão abordagem interdisciplinar.

A segunda fase, que acontece entre 6 e 10 de janeiro de 2008, é constituída por quatro provas analítico-expositivas, uma de português, que é válida para todos, e mais três específicas para cada curso.

Mais informações podem ser obtidas com a própria Fuvest, pelo telefone(11) 3093-2300, ou pelo site, que fica no endereço www.fuvest.com.br.

As informações sobre este processo foram divulgadas pela faculdade ou instituto responsável pelo exame. Nem sempre as alterações no processo são informadas ao Terra Vestibular.

Terra

Editado por NilceuProf

Haloscan

Zip Net


Enviar esta mensagem