BRASIL , Sudeste , Homem , de 26 a 35 anos , Portuguese , English , Música , Esportes , Amor
Outro -
Magia Gifs - O melhor site de GIFs!

Meu Humor



PERFIL
Nome:Nilceu Francisco

Aniversário:11 de julho

Cidade:Campinas-SP

Gosto:Boas amizades, Viver, Conquistar, Amar

Hobby:Compor

Filmes:Aprecio a todos os gêneros

Músicas:Dance, Românticas... Preferidas :Folhas de outono; As rosas não falam, Palavras lindas...

GREVE DOS PROFESSORES EM SP

SOM
Tema do filme " Ao mestre com carinho"


ALUNOS, EX-ALUNOS DE DIVERSAS ESCOLAS ONDE TRABALHO OU TRABALHEI.

MEUS OUTROS BLOGS

PAPAIS


FOLCLORE


OLIMPÍADAS BRASIL LÁ


CÂMERA OCULTA


O UÓ DO BOROGODÓ


MAMÃES


PAIXÃO POR CRISTO


BIG & BLOG


TÔ COM A MACACA


ENVIE CARINHOS


LOVE STORIESS


BLOG NILCEU


GARGALHADAS


RECANTO SANTISTA


BLOG POLÍTICA


PROSAMOROSA


BLOG ADULTO


FOTOLOG DA FAMA


FOTOBLOG SENSUAL


NATAL DOS SONHOS-Pesquisa


BLOG NEWCEU- Pesquisa


BLOG PAN-PAN - Pesquisa


BLOG FOLCLORE - Pesquisa


CAUSOS & FOLIAS - Pesquisa


BYE, BYE, tristeza - Pesquisa


ESPORTES & SPORTS - Pesquisa


HOME

LINKS

Aulas
ANPED
APEOESP
APRENDIZ UOL
Banco Brasil
BANCO ITAÚ
BANESPA
BLOGGER
BOL
BRADESCO
CAIXA FEDERAL
CENP - EDUNET
Como estudar
CONCURSOS
CPP
CURIOSIDADES
D.E. Leste
D.E. Oeste
Downloads Livros
ENEM
FATOS
Folclore
G1 Notícias
Gifs Best
GLOBO
Imprensa Oficial
Lição Casa
Ling Estrangeira
Literat e Gramát
Livros-Downloads
Ministério Fazenda
MEC
Nossa Caixa
PEGADINHAS
Portal MEC
Prefeitura Cps
PUCCAMP
Revista Profs
Secretaria Educação
TERRA
UNICAMP
UOL
USP
YAHOO
Manual Profs
Sonhos
Extra/Globo
EducarCrescer
EAD


Votação

Dê uma nota para meu blog OBRAS DE ARTE ALEIJADINHO, ANITA MALFATI, PORTINARI, MICHELANGÊLO, TARSILA DO AMARAL


INDIQUE

Indique esse Blog PESQUISE ARQUIVOS

25/08/2013 a 31/08/2013

11/08/2013 a 17/08/2013

21/07/2013 a 27/07/2013

23/06/2013 a 29/06/2013

21/04/2013 a 27/04/2013

14/04/2013 a 20/04/2013

07/04/2013 a 13/04/2013

11/11/2012 a 17/11/2012

04/11/2012 a 10/11/2012

14/10/2012 a 20/10/2012

01/07/2012 a 07/07/2012

29/04/2012 a 05/05/2012

22/04/2012 a 28/04/2012

26/02/2012 a 03/03/2012

29/01/2012 a 04/02/2012

08/01/2012 a 14/01/2012

01/01/2012 a 07/01/2012

18/12/2011 a 24/12/2011

27/11/2011 a 03/12/2011

20/11/2011 a 26/11/2011

13/11/2011 a 19/11/2011

23/10/2011 a 29/10/2011

09/10/2011 a 15/10/2011

18/09/2011 a 24/09/2011

11/09/2011 a 17/09/2011

04/09/2011 a 10/09/2011

14/08/2011 a 20/08/2011

07/08/2011 a 13/08/2011

10/07/2011 a 16/07/2011

26/06/2011 a 02/07/2011

05/06/2011 a 11/06/2011

29/05/2011 a 04/06/2011

08/05/2011 a 14/05/2011

24/04/2011 a 30/04/2011

10/04/2011 a 16/04/2011

13/03/2011 a 19/03/2011

27/02/2011 a 05/03/2011

20/02/2011 a 26/02/2011

06/02/2011 a 12/02/2011

16/01/2011 a 22/01/2011

26/12/2010 a 01/01/2011

19/12/2010 a 25/12/2010

05/12/2010 a 11/12/2010

07/11/2010 a 13/11/2010

17/10/2010 a 23/10/2010

10/10/2010 a 16/10/2010

03/10/2010 a 09/10/2010

12/09/2010 a 18/09/2010

05/09/2010 a 11/09/2010

29/08/2010 a 04/09/2010

22/08/2010 a 28/08/2010

15/08/2010 a 21/08/2010

08/08/2010 a 14/08/2010

04/07/2010 a 10/07/2010

20/06/2010 a 26/06/2010

13/06/2010 a 19/06/2010

23/05/2010 a 29/05/2010

16/05/2010 a 22/05/2010

02/05/2010 a 08/05/2010

25/04/2010 a 01/05/2010

11/04/2010 a 17/04/2010

04/04/2010 a 10/04/2010

28/03/2010 a 03/04/2010

21/03/2010 a 27/03/2010

14/03/2010 a 20/03/2010

07/03/2010 a 13/03/2010

28/02/2010 a 06/03/2010

21/02/2010 a 27/02/2010

07/02/2010 a 13/02/2010

31/01/2010 a 06/02/2010

24/01/2010 a 30/01/2010

17/01/2010 a 23/01/2010

10/01/2010 a 16/01/2010

27/12/2009 a 02/01/2010

20/12/2009 a 26/12/2009

13/12/2009 a 19/12/2009

29/11/2009 a 05/12/2009

22/11/2009 a 28/11/2009

15/11/2009 a 21/11/2009

08/11/2009 a 14/11/2009

01/11/2009 a 07/11/2009

25/10/2009 a 31/10/2009

18/10/2009 a 24/10/2009

11/10/2009 a 17/10/2009

04/10/2009 a 10/10/2009

27/09/2009 a 03/10/2009

20/09/2009 a 26/09/2009

13/09/2009 a 19/09/2009

06/09/2009 a 12/09/2009

23/08/2009 a 29/08/2009

09/08/2009 a 15/08/2009

02/08/2009 a 08/08/2009

26/07/2009 a 01/08/2009

19/07/2009 a 25/07/2009

12/07/2009 a 18/07/2009

05/07/2009 a 11/07/2009

28/06/2009 a 04/07/2009

21/06/2009 a 27/06/2009

14/06/2009 a 20/06/2009

07/06/2009 a 13/06/2009

31/05/2009 a 06/06/2009

24/05/2009 a 30/05/2009

17/05/2009 a 23/05/2009

10/05/2009 a 16/05/2009

03/05/2009 a 09/05/2009

26/04/2009 a 02/05/2009

19/04/2009 a 25/04/2009

12/04/2009 a 18/04/2009

05/04/2009 a 11/04/2009

29/03/2009 a 04/04/2009

22/03/2009 a 28/03/2009

15/03/2009 a 21/03/2009

08/03/2009 a 14/03/2009

01/03/2009 a 07/03/2009

22/02/2009 a 28/02/2009

08/02/2009 a 14/02/2009

01/02/2009 a 07/02/2009

25/01/2009 a 31/01/2009

18/01/2009 a 24/01/2009

11/01/2009 a 17/01/2009

04/01/2009 a 10/01/2009

28/12/2008 a 03/01/2009

21/12/2008 a 27/12/2008

14/12/2008 a 20/12/2008

07/12/2008 a 13/12/2008

30/11/2008 a 06/12/2008

23/11/2008 a 29/11/2008

16/11/2008 a 22/11/2008

09/11/2008 a 15/11/2008

02/11/2008 a 08/11/2008

26/10/2008 a 01/11/2008

19/10/2008 a 25/10/2008

12/10/2008 a 18/10/2008

05/10/2008 a 11/10/2008

28/09/2008 a 04/10/2008

14/09/2008 a 20/09/2008

07/09/2008 a 13/09/2008

31/08/2008 a 06/09/2008

24/08/2008 a 30/08/2008

17/08/2008 a 23/08/2008

10/08/2008 a 16/08/2008

03/08/2008 a 09/08/2008

27/07/2008 a 02/08/2008

20/07/2008 a 26/07/2008

13/07/2008 a 19/07/2008

06/07/2008 a 12/07/2008

29/06/2008 a 05/07/2008

22/06/2008 a 28/06/2008

15/06/2008 a 21/06/2008

08/06/2008 a 14/06/2008

01/06/2008 a 07/06/2008

25/05/2008 a 31/05/2008

18/05/2008 a 24/05/2008

11/05/2008 a 17/05/2008

04/05/2008 a 10/05/2008

27/04/2008 a 03/05/2008

20/04/2008 a 26/04/2008

13/04/2008 a 19/04/2008

06/04/2008 a 12/04/2008

30/03/2008 a 05/04/2008

23/03/2008 a 29/03/2008

16/03/2008 a 22/03/2008

09/03/2008 a 15/03/2008

02/03/2008 a 08/03/2008

24/02/2008 a 01/03/2008

17/02/2008 a 23/02/2008

10/02/2008 a 16/02/2008

03/02/2008 a 09/02/2008

27/01/2008 a 02/02/2008

20/01/2008 a 26/01/2008

13/01/2008 a 19/01/2008

06/01/2008 a 12/01/2008

30/12/2007 a 05/01/2008

23/12/2007 a 29/12/2007

16/12/2007 a 22/12/2007

09/12/2007 a 15/12/2007

02/12/2007 a 08/12/2007

25/11/2007 a 01/12/2007

18/11/2007 a 24/11/2007

11/11/2007 a 17/11/2007

04/11/2007 a 10/11/2007

28/10/2007 a 03/11/2007

21/10/2007 a 27/10/2007

14/10/2007 a 20/10/2007

07/10/2007 a 13/10/2007

30/09/2007 a 06/10/2007

23/09/2007 a 29/09/2007

16/09/2007 a 22/09/2007

09/09/2007 a 15/09/2007

02/09/2007 a 08/09/2007

26/08/2007 a 01/09/2007

19/08/2007 a 25/08/2007

12/08/2007 a 18/08/2007

05/08/2007 a 11/08/2007

29/07/2007 a 04/08/2007

22/07/2007 a 28/07/2007

15/07/2007 a 21/07/2007

08/07/2007 a 14/07/2007

01/07/2007 a 07/07/2007

24/06/2007 a 30/06/2007

17/06/2007 a 23/06/2007

10/06/2007 a 16/06/2007

03/06/2007 a 09/06/2007

27/05/2007 a 02/06/2007

20/05/2007 a 26/05/2007

13/05/2007 a 19/05/2007

06/05/2007 a 12/05/2007

29/04/2007 a 05/05/2007

22/04/2007 a 28/04/2007

15/04/2007 a 21/04/2007

08/04/2007 a 14/04/2007

01/04/2007 a 07/04/2007

25/03/2007 a 31/03/2007

18/03/2007 a 24/03/2007

11/03/2007 a 17/03/2007

04/03/2007 a 10/03/2007

25/02/2007 a 03/03/2007

18/02/2007 a 24/02/2007

11/02/2007 a 17/02/2007

04/02/2007 a 10/02/2007

28/01/2007 a 03/02/2007

21/01/2007 a 27/01/2007

07/01/2007 a 13/01/2007

31/12/2006 a 06/01/2007

24/12/2006 a 30/12/2006

17/12/2006 a 23/12/2006

10/12/2006 a 16/12/2006

03/12/2006 a 09/12/2006

26/11/2006 a 02/12/2006

19/11/2006 a 25/11/2006

12/11/2006 a 18/11/2006

05/11/2006 a 11/11/2006

29/10/2006 a 04/11/2006

22/10/2006 a 28/10/2006

15/10/2006 a 21/10/2006

08/10/2006 a 14/10/2006

01/10/2006 a 07/10/2006

24/09/2006 a 30/09/2006

10/09/2006 a 16/09/2006

03/09/2006 a 09/09/2006

27/08/2006 a 02/09/2006

20/08/2006 a 26/08/2006

13/08/2006 a 19/08/2006

06/08/2006 a 12/08/2006

30/07/2006 a 05/08/2006

16/07/2006 a 22/07/2006

09/07/2006 a 15/07/2006

02/07/2006 a 08/07/2006

25/06/2006 a 01/07/2006

18/06/2006 a 24/06/2006

04/06/2006 a 10/06/2006

28/05/2006 a 03/06/2006

21/05/2006 a 27/05/2006

14/05/2006 a 20/05/2006

30/04/2006 a 06/05/2006

23/04/2006 a 29/04/2006

16/04/2006 a 22/04/2006

02/04/2006 a 08/04/2006

19/03/2006 a 25/03/2006

12/03/2006 a 18/03/2006

05/03/2006 a 11/03/2006

19/02/2006 a 25/02/2006

12/02/2006 a 18/02/2006

05/02/2006 a 11/02/2006

29/01/2006 a 04/02/2006

22/01/2006 a 28/01/2006

15/01/2006 a 21/01/2006

08/01/2006 a 14/01/2006

01/01/2006 a 07/01/2006

25/12/2005 a 31/12/2005

18/12/2005 a 24/12/2005

11/12/2005 a 17/12/2005

04/12/2005 a 10/12/2005

27/11/2005 a 03/12/2005

20/11/2005 a 26/11/2005

13/11/2005 a 19/11/2005

06/11/2005 a 12/11/2005

30/10/2005 a 05/11/2005

23/10/2005 a 29/10/2005

16/10/2005 a 22/10/2005

09/10/2005 a 15/10/2005

02/10/2005 a 08/10/2005

25/09/2005 a 01/10/2005

18/09/2005 a 24/09/2005

11/09/2005 a 17/09/2005

04/09/2005 a 10/09/2005

28/08/2005 a 03/09/2005

21/08/2005 a 27/08/2005

14/08/2005 a 20/08/2005

07/08/2005 a 13/08/2005


Créditos




Ministro: projeto beneficia 1 milhão de universitários

 

O ministro da Educação, Fernando Haddad, afirmou nesta sexta-feira que, com o Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão dos Universidades Federais (Reuni), "podemos falar em mais de 1 milhão de alunos nas instituições federais de Ensino Superior em pouco tempo".

Haddad fez a palestra de encerramento no 1º Seminário Nacional do programa, programa que tem como objetivo melhorar a infra-estrutura das universidades federais, ampliar o corpo docente e aumentar o número de vagas nas instituições de ensino.

De acordo com o ministro, "o Reuni é uma resposta àqueles que ainda fazem críticas à universidade pública no Brasil, é uma maneira de apoiar essas instituições para que se reestruturem adequadamente e possam responder aos desafios nacionais, uma vez que têm um papel importante no desenvolvimento nacional".

Agência Brasil

Editado por NilceuProf

Haloscan

Zip Net


Enviar esta mensagem




MEC irá cruzar dados do Enade e do Exame de Ordem

 

O Ministério da Educação irá cruzar os resultados do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) com os do Exame de Ordem para supervisionar a qualidade das faculdades de direito no País. Com base nessa comparação, o MEC autorizará ou não a abertura e ampliação de cursos. A medida foi anunciada nesta sexta-feira, durante uma reunião entre o ministro Fernando Haddad e o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Cezar Britto.

 

O Exame de Ordem é aplicado pela OAB aos bacharéis como pré-requisito para que possam advogar. Em média, 70% dos candidatos são reprovados na prova, segundo a entidade. "O que temos verificado é que a ampliação desmedida de vagas nos cursos já autorizados também está prejudicando a qualidade do ensino jurídico no Brasil. Isto mostra que não se trata apenas de ser mais rigoroso na autorização final dos cursos", disse Haddad.

Segundo o ministro da Educação, quando houver coincidências na aferição da qualidade do ensino jurídico, de acordo com cruzamento dos dados do Enade com aqueles do Exame de Ordem, serão definidos os mecanismos de supervisão do Ministério, de acordo com informações da OAB.

"A partir do que fizemos no último Enade em todos os cursos jurídicos, pela primeira vez e de forma inédita, o MEC terá acesso aos dados do Exame de Ordem por instituição", afirmou Haddad. "Desse modo, esse cruzamento se torna possível e a supervisão é uma conseqüência natural. É obrigação do poder público limitar a oferta nos cursos de baixa qualidade ou estabelecer compromissos para saneamento das deficiências apontadas", complementou.

Terra

Editado por NilceuProf

Haloscan

Zip Net


Enviar esta mensagem




Orçamento de universidades federais pode ter aumento de 20%

 

O orçamento das universidades federais deve aumentar em 20% no ano que vem. A projeção é do secretário-executivo do Ministério da Educação, José Henrique Paim Fernandes, que participou nesta quinta (26) do 1º Seminário Nacional do Reuni (Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais).

"O Reuni visa garantir um acréscimo de 20% no orçamento das universidades. Se fizermos um cálculo sobre o orçamento atual de todas as universidades federais, teríamos um valor próximo de R$ 2 bilhões", disse Fernandes. Ele explicou que o Reuni tem o objetivo de melhorar a infra-estrutura, ampliar o corpo docente e aumentar a oferta de vagas.

O Decreto nº 6.096, que regulamenta o Reuni, foi publicado na terça-feira (24) no Diário Oficial da União. O texto aponta entre os principais objetivos do programa a ampliação de vagas, a redução das taxas de evasão, a melhora das políticas de inclusão e assistência estudantil, a construção e readequação da infra-estrutura nas universidades e a ampliação do quadro de docentes.

Para o presidente da Andifes (Associação Nacional dos Dirigentes de Instituições Federais de Ensino Superior), Arquimedes Diógenes Ciloni, o aumento de 20% no orçamento deverá gerar um crescimento de 35% no número de vagas nas universidades federais nos próximos dez anos.

Agência Brasil

 

Editado por NilceuProf

Haloscan

Zip Net


Enviar esta mensagem




ACORDO ORTOGRÁFICO: FALTAM  ASSINATURAS

 

O Brasil aguarda apenas uma decisão política interna para a aplicação do acordo ortográfico, disse nesta quarta-feira (25) à Agência Lusa o presidente da Comissão de Língua Portuguesa do Ministério da Educação, Godofredo de Oliveira Neto.

"Falta uma decisão política para darmos início à fase de transição, principalmente no que diz respeito às editoras brasileiras", afirmou Oliveira Neto, que também é diretor do Conselho Científico do IILP (Instituto Internacional de Língua Portuguesa) e subsecretário de Planejamento da Educação do Estado do Rio de Janeiro.

Logo que as novas regras comecem a vigorar, inicia-se um período de transição para que os Ministérios da Educação da CPLP (Comunidade dos Países de Língua Portuguesa), associações e academias de letras, editores e produtores de materiais didáticos possam, gradualmente, reimprimir livros, dicionários, cartilhas e outros materiais.

Oito países fazem parte da CPLP: Brasil, Portugal, Timor Leste e cinco nações africanas (Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e São Tomé e Príncipe).

Segundo Oliveira Neto, a Colip (Comissão para Definição de Ensino-Aprendizagem, Pesquisa e Promoção da Língua Portuguesa) "está de prontidão para ser acionada a qualquer momento" para aplicar o acordo.

A medida incentivará a utilização do idioma pelas organizações internacionais, já que existência de duas ortografias prejudica a divulgação da língua portuguesa e a sua prática em eventos internacionais.

Amorim


Recentemente, o ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, disse à Lusa que "seria muito importante, do ponto de vista editorial, que Brasil e Portugal estivessem juntos quando tiver início o acordo ortográfico.

Amorim recusou-se a responder, entretanto, se o Brasil adotaria as novas regras ortográficas sem Portugal.

Em princípio, a ortografia comum da língua portuguesa já pode entrar em vigor, porque três dos países lusófonos - Brasil, Cabo Verde e São Tomé e Príncipe - já ratificaram o acordo e também o protocolo modificativo ao acordo, aprovado em julho de 2004, em São Tomé, durante cúpula da CPLP.

O protocolo modificativo permite que o acordo vigore com a ratificação de apenas três países da CPLP, sem a necessidade de aguardar que todos os outros membros da organização adotem o mesmo procedimento. Portugal já ratificou o acordo, mas ainda falta ratificar o protocolo modificativo.

Alterações


Segundo especialistas, as modificações propostas no acordo devem alterar 1,6% do vocabulário de Portugal. Os portugueses deixarão de escrever "húmido" para usar a nova ortografia - "úmido".

Desaparecem também da língua escrita em Portugal o "c" e o "p" nas palavras onde estas letras não são pronunciadas, como em "acção", "acto", "baptismo", "óptimo".

No Brasil, a mudança será menor, já que apenas 0,45% das palavras terão a escrita alterada. O trema utilizado pelos brasileiros desaparece completamente.

Outro exemplo é o fim do acento circunflexo nas paroxítonas terminadas em "o" duplo ("vôo" e "enjôo"), usado na ortografia do Brasil.

O alfabeto deixa de ter 23 letras para ter 26, com a incorporação do "k", "w" e "y". Apesar das mudanças ortográficas, serão conservadas as pronúncias típicas de cada país.

 

Editado por NilceuProf

Haloscan

Zip Net


Enviar esta mensagem




SÃO PAULO: SECRETARIA DA ESUCAÇÃO TEM NOVA SECRETÁRIA

 

A pesquisadora da Unicamp )Universidade Estadual de Campinas) e ex-presidente do Inep (Instituto Nacional de Pesquisas e Estudos Educacionais) Maria Helena Guimarães de Castro vai assumir a Secretaria Estadual de Educação. Com pouco mais de seis meses de governo, José Serra faz a primeira troca em sua equipe e deve anunciar oficialmente nesta terça (24) a saída da atual titular da pasta, Maria Lúcia Vasconcelos.

"É uma questão de prioridades. Foi uma experiência maravilhosa, mas quero me dedicar a minha família e a minha vida acadêmica", disse Maria Lúcia, explicando que foi ela quem pediu demissão. Desde o fim da semana passada, havia rumores de que Serra planejava trocar a secretária da educação. O governo, no entanto, não confirmava a mudança.

Maria Lúcia assumiu a função em abril de 2006 a convite do então governador Cláudio Lembo, com quem havia trabalhado na Universidade Mackenzie. Ela substituiu Gabriel Chalita. Ao eleger-se governador, Serra preferiu não mexer na Secretaria de Educação.

No fim de 2006, Maria Lúcia recebeu o diagnóstico de câncer de mama, passou por tratamento e chegou a se afastar do cargo. Hoje, ela está bem de saúde. A doença chegou a ser apontada como o motivo da troca, o que a secretária nega veementemente. Serra deve publicar nesta terça uma nota oficial sobre a mudança. As informações são do jornal "O Estado de S. Paulo".

UOL

Editado por NilceuProf

Haloscan

Zip Net


Enviar esta mensagem




Caça-níqueis viram computadores escolares no Rio

 

Máquinas caça-níqueis apreendidas pela Polícia Federal estão prestes a virar computadores escolares no Rio de Janeiro. O governo do Estado pretende utilizar uma idéia desenvolvida na Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec) para promover a inclusão digital dos alunos da rede pública.

Segundo informações da Agência Fapesp, o custo de transformação de cada máquina é de cerca de R$ 60 por unidade. Do total de 10 mil máquinas apreendidas, 130 já convertidas estarão disponíveis para uso nas escolas a partir do dia 4 de agosto. O objetivo é que até o fim do ano sejam 2 mil máquinas convertidas.

Inicialmente, os caça-níqueis apreendidos seriam destruídos, mas a 4ª Vara Federal Criminal autorizou a transformação das máquinas. Segundo o o professor Fabiano Saldanha da Gama Oliveira, autor da idéia, algumas das máquinas são equipadas com todos os componentes necessários ao funcionamento de um computador.

"É só apagar os arquivos e programas referentes ao jogo, manter o hardware e fazer o reaproveitamento do material. As máquinas originalmente são compostas de uma placa-mãe, um processador Sempron 2,3 GHz e memória de 30 megabytes", Saldanha da Gama Oliveira.

A parte da máquina antes usada para colocar copos é retirada e um espaço para teclado e mouse é adaptado. Os novos computadores funcionam com o sistema operacional Linux e recebem um modem para permitir o acesso à Internet.

Terra

Editado por NilceuProf

Haloscan

Zip Net


Enviar esta mensagem




Fundação portuguesa financia universidade em Suzano

 



O Instituto Jean Piaget assinou nesta sexta-feira (20), em Viseu (Portugal), um contrato com o município paulista de Suzano para a construção de um centro universitário na cidade.

A nova universidade, está avaliada em mais de 25 milhões de euros (R$ 64 milhões), mas pode chegar a 40 milhões de euros (R$ 106,4 milhões). "O projeto está solidamente preparado", disse o presidente do Instituto Piaget, Antonio Oliveira Cruz, à Agência Lusa.

O centro universitário deve receber os primeiros alunos em 2009. "Estão previstas três fases. A primeira, que envolve mais de 40% do investimento, será feita em dois anos", afirmou Oliveira Cruz. Apenas a primeira etapa deve custar aproximadamente 7,5 milhões euros (R$ 19,2 milhões).

A universidade terá 18 cursos em áreas como engenharia, ciências sociais e humanas, economia e gestão, saúde, educação e motricidade humana. Segundo o presidente do Instituto Piaget, futuramente podem ser ministrados cursos como epistemologia ou filosofia.

Novos investimentos


O presidente do Instituto Piaget, Oliveira Cruz, disse que a instituição poderá futuramente abrir novas universidades no Brasil. "Se, em Portugal, temos sete, no Brasil podemos ter mais. Mas é um trabalho para 20 ou 30 anos", afirmou.

O instituto já está instalado em outros países de língua portuguesa como Angola, Cabo Verde e Moçambique.

Editado por NilceuProf

Haloscan

Zip Net


Enviar esta mensagem




Aos 6 anos, crianças encaram escola "puxada"

 

Avaliações periódicas, mais tempo de aula, menos de recreio. Crianças de 6 anos que estão em escolas que já adotaram o ensino fundamental de nove anos (previsto para estar presente em todas as redes de ensino do país até 2010) estão tendo de se adaptar a uma nova rotina --mais puxada e estressante, dizem os especialistas.

Parte dos colégios particulares de São Paulo começou a oferecer o nono ano no início de 2007. Apesar de o objetivo ser a garantia de mais um ano de escolaridade obrigatória para os estudantes da rede pública e de o conteúdo curricular não ter mudado (já que a principal alteração foi de nomenclatura: o antigo pré passou a ser primeira série), o cotidiano escolar acabou mudando.

Antes, alunas do pré, as crianças de 6 anos não costumavam ser submetidas às provas, estudavam em unidades com playgrounds e tinham mais tempo de recreio. Muitas escolas, porém, ao incluir esses alunos no ensino fundamental, mudaram as regras.

Na Escola Carlitos, zona oeste, por exemplo, até o ano passado a turma de 6 anos freqüentava o pré e não recebia notas. As professoras faziam relatórios de desempenho. Desde o começo do ano, o pré passou a ser a primeira série e, com isso, as avaliações trimestrais foram incorporadas à nova rotina. "Agora os alunos têm um histórico escolar e precisam receber notas", explica Laura Piteri, coordenadora-pedagógica do colégio.

Lá, o tempo do recreio das crianças de 6 anos também diminuiu (passou de 40 minutos para 30 minutos) e passou a ser realizado junto com os maiores. "Eles se adaptaram bem e nos surpreenderam. Não tivemos problema."

Mais aulas

Na Escola Santo Inácio, zona sul, que também adotou a mudança neste ano, o recreio não foi alterado e a turma de seis anos continua na mesma unidade do infantil, mas a carga horária foi esticada para ficar mais próxima do ensino fundamental. "Todo dia, eles ficam meia hora a mais no colégio", conta Paula Faria Cury, diretora-pedagógica da escola.

Já no Colégio Radial, também na zona sul, foi preciso fazer uma sala especial para a turma de seis anos porque a escola não tinha educação infantil. "Na classe, criamos cantinhos com jogos, almofadas. Tudo para a alfabetização ocorrer de uma forma mais dinâmica e lúdica", afirma Vanessa Salamon, orientadora-pedagógica da escola. Apesar da sala diferente, o recreio é junto com os alunos de segundo e terceiro anos e dura 20 minutos.

Na dúvida sobre o que fazer com sua turma de primeiro ano, o Colégio Renovação, na zona sul, optou por manter esses estudantes junto com os do infantil. "A mudança de unidade, e de regras, só acontecerá no segundo ano", diz Claudia Baratella, vice-diretora da escola. "Até lá, eles estarão um pouco mais preparados."

Folha de SP

Editado por NilceuProf

Haloscan

Zip Net


Enviar esta mensagem