BRASIL , Sudeste , Homem , de 26 a 35 anos , Portuguese , English , Música , Esportes , Amor
Outro -
Magia Gifs - O melhor site de GIFs!

Meu Humor



PERFIL
Nome:Nilceu Francisco

Aniversário:11 de julho

Cidade:Campinas-SP

Gosto:Boas amizades, Viver, Conquistar, Amar

Hobby:Compor

Filmes:Aprecio a todos os gêneros

Músicas:Dance, Românticas... Preferidas :Folhas de outono; As rosas não falam, Palavras lindas...

GREVE DOS PROFESSORES EM SP

SOM
Tema do filme " Ao mestre com carinho"


ALUNOS, EX-ALUNOS DE DIVERSAS ESCOLAS ONDE TRABALHO OU TRABALHEI.

MEUS OUTROS BLOGS

PAPAIS


FOLCLORE


OLIMPÍADAS BRASIL LÁ


CÂMERA OCULTA


O UÓ DO BOROGODÓ


MAMÃES


PAIXÃO POR CRISTO


BIG & BLOG


TÔ COM A MACACA


ENVIE CARINHOS


LOVE STORIESS


BLOG NILCEU


GARGALHADAS


RECANTO SANTISTA


BLOG POLÍTICA


PROSAMOROSA


BLOG ADULTO


FOTOLOG DA FAMA


FOTOBLOG SENSUAL


NATAL DOS SONHOS-Pesquisa


BLOG NEWCEU- Pesquisa


BLOG PAN-PAN - Pesquisa


BLOG FOLCLORE - Pesquisa


CAUSOS & FOLIAS - Pesquisa


BYE, BYE, tristeza - Pesquisa


ESPORTES & SPORTS - Pesquisa


HOME

LINKS

Aulas
ANPED
APEOESP
APRENDIZ UOL
Banco Brasil
BANCO ITAÚ
BANESPA
BLOGGER
BOL
BRADESCO
CAIXA FEDERAL
CENP - EDUNET
Como estudar
CONCURSOS
CPP
CURIOSIDADES
D.E. Leste
D.E. Oeste
Downloads Livros
ENEM
FATOS
Folclore
G1 Notícias
Gifs Best
GLOBO
Imprensa Oficial
Lição Casa
Ling Estrangeira
Literat e Gramát
Livros-Downloads
Ministério Fazenda
MEC
Nossa Caixa
PEGADINHAS
Portal MEC
Prefeitura Cps
PUCCAMP
Revista Profs
Secretaria Educação
TERRA
UNICAMP
UOL
USP
YAHOO
Manual Profs
Sonhos
Extra/Globo
EducarCrescer
EAD


Votação

Dê uma nota para meu blog OBRAS DE ARTE ALEIJADINHO, ANITA MALFATI, PORTINARI, MICHELANGÊLO, TARSILA DO AMARAL


INDIQUE

Indique esse Blog PESQUISE ARQUIVOS

25/08/2013 a 31/08/2013

11/08/2013 a 17/08/2013

21/07/2013 a 27/07/2013

23/06/2013 a 29/06/2013

21/04/2013 a 27/04/2013

14/04/2013 a 20/04/2013

07/04/2013 a 13/04/2013

11/11/2012 a 17/11/2012

04/11/2012 a 10/11/2012

14/10/2012 a 20/10/2012

01/07/2012 a 07/07/2012

29/04/2012 a 05/05/2012

22/04/2012 a 28/04/2012

26/02/2012 a 03/03/2012

29/01/2012 a 04/02/2012

08/01/2012 a 14/01/2012

01/01/2012 a 07/01/2012

18/12/2011 a 24/12/2011

27/11/2011 a 03/12/2011

20/11/2011 a 26/11/2011

13/11/2011 a 19/11/2011

23/10/2011 a 29/10/2011

09/10/2011 a 15/10/2011

18/09/2011 a 24/09/2011

11/09/2011 a 17/09/2011

04/09/2011 a 10/09/2011

14/08/2011 a 20/08/2011

07/08/2011 a 13/08/2011

10/07/2011 a 16/07/2011

26/06/2011 a 02/07/2011

05/06/2011 a 11/06/2011

29/05/2011 a 04/06/2011

08/05/2011 a 14/05/2011

24/04/2011 a 30/04/2011

10/04/2011 a 16/04/2011

13/03/2011 a 19/03/2011

27/02/2011 a 05/03/2011

20/02/2011 a 26/02/2011

06/02/2011 a 12/02/2011

16/01/2011 a 22/01/2011

26/12/2010 a 01/01/2011

19/12/2010 a 25/12/2010

05/12/2010 a 11/12/2010

07/11/2010 a 13/11/2010

17/10/2010 a 23/10/2010

10/10/2010 a 16/10/2010

03/10/2010 a 09/10/2010

12/09/2010 a 18/09/2010

05/09/2010 a 11/09/2010

29/08/2010 a 04/09/2010

22/08/2010 a 28/08/2010

15/08/2010 a 21/08/2010

08/08/2010 a 14/08/2010

04/07/2010 a 10/07/2010

20/06/2010 a 26/06/2010

13/06/2010 a 19/06/2010

23/05/2010 a 29/05/2010

16/05/2010 a 22/05/2010

02/05/2010 a 08/05/2010

25/04/2010 a 01/05/2010

11/04/2010 a 17/04/2010

04/04/2010 a 10/04/2010

28/03/2010 a 03/04/2010

21/03/2010 a 27/03/2010

14/03/2010 a 20/03/2010

07/03/2010 a 13/03/2010

28/02/2010 a 06/03/2010

21/02/2010 a 27/02/2010

07/02/2010 a 13/02/2010

31/01/2010 a 06/02/2010

24/01/2010 a 30/01/2010

17/01/2010 a 23/01/2010

10/01/2010 a 16/01/2010

27/12/2009 a 02/01/2010

20/12/2009 a 26/12/2009

13/12/2009 a 19/12/2009

29/11/2009 a 05/12/2009

22/11/2009 a 28/11/2009

15/11/2009 a 21/11/2009

08/11/2009 a 14/11/2009

01/11/2009 a 07/11/2009

25/10/2009 a 31/10/2009

18/10/2009 a 24/10/2009

11/10/2009 a 17/10/2009

04/10/2009 a 10/10/2009

27/09/2009 a 03/10/2009

20/09/2009 a 26/09/2009

13/09/2009 a 19/09/2009

06/09/2009 a 12/09/2009

23/08/2009 a 29/08/2009

09/08/2009 a 15/08/2009

02/08/2009 a 08/08/2009

26/07/2009 a 01/08/2009

19/07/2009 a 25/07/2009

12/07/2009 a 18/07/2009

05/07/2009 a 11/07/2009

28/06/2009 a 04/07/2009

21/06/2009 a 27/06/2009

14/06/2009 a 20/06/2009

07/06/2009 a 13/06/2009

31/05/2009 a 06/06/2009

24/05/2009 a 30/05/2009

17/05/2009 a 23/05/2009

10/05/2009 a 16/05/2009

03/05/2009 a 09/05/2009

26/04/2009 a 02/05/2009

19/04/2009 a 25/04/2009

12/04/2009 a 18/04/2009

05/04/2009 a 11/04/2009

29/03/2009 a 04/04/2009

22/03/2009 a 28/03/2009

15/03/2009 a 21/03/2009

08/03/2009 a 14/03/2009

01/03/2009 a 07/03/2009

22/02/2009 a 28/02/2009

08/02/2009 a 14/02/2009

01/02/2009 a 07/02/2009

25/01/2009 a 31/01/2009

18/01/2009 a 24/01/2009

11/01/2009 a 17/01/2009

04/01/2009 a 10/01/2009

28/12/2008 a 03/01/2009

21/12/2008 a 27/12/2008

14/12/2008 a 20/12/2008

07/12/2008 a 13/12/2008

30/11/2008 a 06/12/2008

23/11/2008 a 29/11/2008

16/11/2008 a 22/11/2008

09/11/2008 a 15/11/2008

02/11/2008 a 08/11/2008

26/10/2008 a 01/11/2008

19/10/2008 a 25/10/2008

12/10/2008 a 18/10/2008

05/10/2008 a 11/10/2008

28/09/2008 a 04/10/2008

14/09/2008 a 20/09/2008

07/09/2008 a 13/09/2008

31/08/2008 a 06/09/2008

24/08/2008 a 30/08/2008

17/08/2008 a 23/08/2008

10/08/2008 a 16/08/2008

03/08/2008 a 09/08/2008

27/07/2008 a 02/08/2008

20/07/2008 a 26/07/2008

13/07/2008 a 19/07/2008

06/07/2008 a 12/07/2008

29/06/2008 a 05/07/2008

22/06/2008 a 28/06/2008

15/06/2008 a 21/06/2008

08/06/2008 a 14/06/2008

01/06/2008 a 07/06/2008

25/05/2008 a 31/05/2008

18/05/2008 a 24/05/2008

11/05/2008 a 17/05/2008

04/05/2008 a 10/05/2008

27/04/2008 a 03/05/2008

20/04/2008 a 26/04/2008

13/04/2008 a 19/04/2008

06/04/2008 a 12/04/2008

30/03/2008 a 05/04/2008

23/03/2008 a 29/03/2008

16/03/2008 a 22/03/2008

09/03/2008 a 15/03/2008

02/03/2008 a 08/03/2008

24/02/2008 a 01/03/2008

17/02/2008 a 23/02/2008

10/02/2008 a 16/02/2008

03/02/2008 a 09/02/2008

27/01/2008 a 02/02/2008

20/01/2008 a 26/01/2008

13/01/2008 a 19/01/2008

06/01/2008 a 12/01/2008

30/12/2007 a 05/01/2008

23/12/2007 a 29/12/2007

16/12/2007 a 22/12/2007

09/12/2007 a 15/12/2007

02/12/2007 a 08/12/2007

25/11/2007 a 01/12/2007

18/11/2007 a 24/11/2007

11/11/2007 a 17/11/2007

04/11/2007 a 10/11/2007

28/10/2007 a 03/11/2007

21/10/2007 a 27/10/2007

14/10/2007 a 20/10/2007

07/10/2007 a 13/10/2007

30/09/2007 a 06/10/2007

23/09/2007 a 29/09/2007

16/09/2007 a 22/09/2007

09/09/2007 a 15/09/2007

02/09/2007 a 08/09/2007

26/08/2007 a 01/09/2007

19/08/2007 a 25/08/2007

12/08/2007 a 18/08/2007

05/08/2007 a 11/08/2007

29/07/2007 a 04/08/2007

22/07/2007 a 28/07/2007

15/07/2007 a 21/07/2007

08/07/2007 a 14/07/2007

01/07/2007 a 07/07/2007

24/06/2007 a 30/06/2007

17/06/2007 a 23/06/2007

10/06/2007 a 16/06/2007

03/06/2007 a 09/06/2007

27/05/2007 a 02/06/2007

20/05/2007 a 26/05/2007

13/05/2007 a 19/05/2007

06/05/2007 a 12/05/2007

29/04/2007 a 05/05/2007

22/04/2007 a 28/04/2007

15/04/2007 a 21/04/2007

08/04/2007 a 14/04/2007

01/04/2007 a 07/04/2007

25/03/2007 a 31/03/2007

18/03/2007 a 24/03/2007

11/03/2007 a 17/03/2007

04/03/2007 a 10/03/2007

25/02/2007 a 03/03/2007

18/02/2007 a 24/02/2007

11/02/2007 a 17/02/2007

04/02/2007 a 10/02/2007

28/01/2007 a 03/02/2007

21/01/2007 a 27/01/2007

07/01/2007 a 13/01/2007

31/12/2006 a 06/01/2007

24/12/2006 a 30/12/2006

17/12/2006 a 23/12/2006

10/12/2006 a 16/12/2006

03/12/2006 a 09/12/2006

26/11/2006 a 02/12/2006

19/11/2006 a 25/11/2006

12/11/2006 a 18/11/2006

05/11/2006 a 11/11/2006

29/10/2006 a 04/11/2006

22/10/2006 a 28/10/2006

15/10/2006 a 21/10/2006

08/10/2006 a 14/10/2006

01/10/2006 a 07/10/2006

24/09/2006 a 30/09/2006

10/09/2006 a 16/09/2006

03/09/2006 a 09/09/2006

27/08/2006 a 02/09/2006

20/08/2006 a 26/08/2006

13/08/2006 a 19/08/2006

06/08/2006 a 12/08/2006

30/07/2006 a 05/08/2006

16/07/2006 a 22/07/2006

09/07/2006 a 15/07/2006

02/07/2006 a 08/07/2006

25/06/2006 a 01/07/2006

18/06/2006 a 24/06/2006

04/06/2006 a 10/06/2006

28/05/2006 a 03/06/2006

21/05/2006 a 27/05/2006

14/05/2006 a 20/05/2006

30/04/2006 a 06/05/2006

23/04/2006 a 29/04/2006

16/04/2006 a 22/04/2006

02/04/2006 a 08/04/2006

19/03/2006 a 25/03/2006

12/03/2006 a 18/03/2006

05/03/2006 a 11/03/2006

19/02/2006 a 25/02/2006

12/02/2006 a 18/02/2006

05/02/2006 a 11/02/2006

29/01/2006 a 04/02/2006

22/01/2006 a 28/01/2006

15/01/2006 a 21/01/2006

08/01/2006 a 14/01/2006

01/01/2006 a 07/01/2006

25/12/2005 a 31/12/2005

18/12/2005 a 24/12/2005

11/12/2005 a 17/12/2005

04/12/2005 a 10/12/2005

27/11/2005 a 03/12/2005

20/11/2005 a 26/11/2005

13/11/2005 a 19/11/2005

06/11/2005 a 12/11/2005

30/10/2005 a 05/11/2005

23/10/2005 a 29/10/2005

16/10/2005 a 22/10/2005

09/10/2005 a 15/10/2005

02/10/2005 a 08/10/2005

25/09/2005 a 01/10/2005

18/09/2005 a 24/09/2005

11/09/2005 a 17/09/2005

04/09/2005 a 10/09/2005

28/08/2005 a 03/09/2005

21/08/2005 a 27/08/2005

14/08/2005 a 20/08/2005

07/08/2005 a 13/08/2005


Créditos




PROFESSORES DO   ESTADO DE SÃO PAULO, PÁRAM HOJE

 

CONTRA  proposta de reajuste diferenciado

 

Em plena campanha salarial e na luta para ver cumprida a data-base do funcionalismo, instituída em 1º de março por força de lei, a APEOESP recebeu com surpresa e indignação a notícia veiculada na segunda-feira, 19, pelos principais jornais do Estado de São Paulo sobre possível projeto de lei que o governo José Serra estaria preparando e que visaria conceder reajustes diferenciados para o funcionalismo público – inclusive para os professores –, baseado numa avaliação de desempenho.

Como o governo ainda não apresentou o tal projeto e nem estabeleceu as normas para conceder reajustes diferenciados, a medida cheira a uma manobra política para medir como a proposta seria recebida pela sociedade e pelo conjunto do funcionalismo.
A APEOESP não aceitará mais esta provocação do governo, que fere a isonomia salarial dos servidores aposentados e geraria disputa entre funcionários e unidades ao criar mais uma gratificação baseada no desempenho. Continuamos reivindicando reajuste salarial imediato, piso do DIEESE (R$ 1.562,35) por 24 h semanais, incorporação das gratificações com extensão aos aposentados, garantia de emprego a todos os professores, máximo de 35 alunos por aula e novo Plano de Carreira.

A proposta do governo será, com certeza, um dos pontos de pauta a ser discutido pelos professores na assembléia geral convocada pela APEOESP para o próximo dia 30 de março, no vão livre do MASP.

A CUT – e os demais sindicatos de servidores públicos filiados à central – também repudiou a proposta do governo. Abaixo, leia a íntegra de uma nota divulgada pela CUT-SP:

“A CUT-SP (Central Única dos Trabalhadores)  e sindicatos de servidores públicos paulistas apresentam-se contrários à proposta do secretário de Estado de Gestão Pública, Sidney Beraldo, de implementar plano de reajuste do funcionalismo baseado na avaliação de desempenho, conforme anunciado na última segunda-feira, dia 19 de março.

“A proposta desrespeita o plano de carreira das categorias já constituídas, choca-se com os direitos de isonomia dos servidores aposentados, gera disputa entre funcionários e unidades e cria mais uma gratificação baseada em desempenho.

“Não há problema em avaliar o servidor desde que avaliações sejam realizadas pela comunidade. Sistemas de avaliação devem orientar a gestão pública para propiciar a melhoria dos serviços. Dessa forma, avaliação não deve punir o trabalhador.

“As entidades ressaltam também que as atuais gratificações oferecidas aos servidores da educação, por exemplo, não foram revertidas em melhoria da prestação do serviço público. ‘Com a proposta, o governo estadual transfere ao funcionário a responsabilidade de prestar serviço de qualidade, mas, na verdade, a qualidade deveria ser garantida pelo gestor público por meio de mais investimentos e valorização profissional’, comentou Edílson de Paula, presidente da CUT-SP..

“Lutamos por uma mesa permanente de negociação com o governo estadual, para que haja transparência na condução das negociações dos reajustes salariais em data-base fixada a partir de 1º de março.

“Não vamos aceitar substituição de um reajuste salarial que se faz emergencial por uma política de gratificação que destrói os planos de carreira.”

 

APEOESP

Editado por NilceuProf

Haloscan

Zip Net


Enviar esta mensagem




Congresso irá reunir 8 mil profissionais em SP

 

O 5º Congresso Internacional de Educação deve reunir cerca de 8 mil profisionais da área no próximo dia 11 de abril, em São Paulo. O evento será realizado no ginásio do Ibirapuera, na zona sul da cidade. No dia 2 de maio, ocorre a segunda etapa do congresso, no Rio de Janeiro.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no site www.abacos.com.br. Uma Escola para Cidadãos será o tema das palestras e debates do congresso, promovido pela Fundação Santillana e pela Editora Moderna. O evento conta ainda com o apoio da Organização dos Estados Ibero-americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura, da Unesco.

Em São Paulo, a primeira palestra será da secretária estadual de Educação, Maria Lucia Marcondes Carvalho Vasconcelos. Haverá ainda uma palestra com Juan Carlos Tedesco, secretário argentino de Educação e a exibição de trechos do documentário Uma Verdade Inconveniente, com o ex-vice-presidente dos Estados Unidos Al Gore.

Terra

Editado por NilceuProf

Haloscan

Zip Net


Enviar esta mensagem




Governo quer piso de R$ 850 para o magistério

 

O   governo federal vai enviar até amanhã ao Congresso Nacional o projeto de lei que estabelece um piso nacional de R$ 850 para o magistério. A proposta vale para uma carga horária de 40 horas semanais.

Segundo o Ministério da Educação (MEC), mais da metade dos professores do Brasil vão ser beneficiados com a iniciativa de forma imediata, pois o número de docentes que ganham menos do que esse valor chega a 55%.

O ministro da Educação, Fernando Haddad, explicou que o cálculo do piso resgata o pacto nacional firmado em 1994, entre a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) e as esferas de governo, que fixava o piso em R$ 300 em valores de 1º de julho de 1994. O valor foi atualizado pela inflação, chegando a R$ 850.

Segundo Haddad, a medida vale para todas os municípios do País, desde grandes capitais até cidades do interior. "Esse é o salário inicial. Ao longo do tempo, prefeitos e governadores terão que adequar seus planos de carreira a essa nova realidade", disse.

PDE


A ação faz parte do Plano de Desenvolvimento da Educação, que deve ser apresentado em sua forma final na segunda quinzena de abril. Segundo o ministro, metas serão definidas para cada prefeitura, cada governo estadual e para o governo federal.

"O maior objetivo do plano é fazer com que o Brasil, em uma geração, possa atingir um padrão compatível com o de um país desenvolvido na área da educação", concluiu.

MEC

Editado por NilceuProf

Haloscan

Zip Net


Enviar esta mensagem




USP CRIA CURSO DE DIREITO NO INTERIOR  PAULISTA

 

O Conselho Universitário da Universidade de São Paulo (USP) aprovou na última  terça-feira a criação da Faculdade de Direito no campus de Ribeirão Preto, no interior do Estado. A partir de 2008, serão oferecidas 100 vagas para o curso de bachalerado em Direito, que será ministrado em período integral. Dos 95 conselheiros presentes à sessão, a proposta recebeu 91 votos a favor e teve quatro abstenções.

O curso terá duração de cinco anos, sendo dois semestres de ciclo básico, seis semestres de ciclo institucional e dois semestres com disciplinas obrigatórias e optativas, de acordo com as áreas de especialização.

Para os cinco primeiros anos do curso está prevista a contratação de 40 novos professores e 18 funcionários técnico-administrativos.

O conselho recomendou que, após três anos depois do início do curso, comece a se estudar a possibilidade de oferecer vagas também no período noturno. A criação do novo curso foi elogiada pelos membros, como reconhecimento da importância da nova unidade para a cidade.

"Como reitora da Universidade de São Paulo e cidadã ribeirãopretana, particularmente, estou muito feliz com a aprovação da criação do curso, porque essa é uma reivindicação antiga da comunidade, que terá um impacto na formação de profissionais da área, e porque estamos levando à Ribeirão Preto a qualidade do ensino e da pesquisa que são desenvolvidos na nossa Faculdade de Direito do Largo São Francisco", comemorou a reitora da USP, Suely Vilela.

Editado por NilceuProf

Haloscan

Zip Net


Enviar esta mensagem




Até 2022, país terá de pular de 4 para 6 em índice da educação básica, diz Haddad



O ministro da Educação, Fernando Haddad, anunciou nesta terça-feira (27), que o Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) fixado para o Brasil será de seis pontos -- numa escala de zero a dez. O índicador é uma das medidas que integram o PED (Plano de Desenvolvimento da Educação) e vai combinar as notas do exame Prova Brasil, aplicado a crianças da quarta e oitava séries, ao rendimento escolar.

Atualmente, o Brasil pode receber uma média perto de quatro pontos, segundo os estudos elaborados pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira). "O índice do país vai ser fixado em seis, que é a média que os países da OCDE [Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico] teriam nessa escala", disse o ministro.

Na avaliação de Haddad, a previsão é que o Brasil atinja a meta nacional em 15 anos, ou seja, 2022. "É ilusório imaginar que uma cidade muito pobre, com indicador de qualidade entre 1,5 e 2, possa chegar a um patamar de primeiro mundo em 15 anos", analisa.

O MEC vai fixar objetivos para cada dois anos, a serem cumpridos pelo país como um todo. Mas, de acordo com o ministro, cada município e os Estados também terão uma meta, que deve ser atingida para garantir a qualidade do ensino básico. "A meta nacional tem um caráter simbólico muito grande, mas não é a mais importante", explicou.

Em 2003, na última edição da avaliação educacional feita pela OCDE, chamada de Pisa, o Brasil ficou em último lugar na aprendizagem de matemática, com a pior média entre 40 países. Em leitura, o Brasil ficou em 37º lugar entre os mesmos 40 países, apenas acima de México, Tunísia e Indonésia. A média dos países da OCDE em leitura é de 494 pontos, enquanto a média brasileira ficou em 403 pontos.


MEC

Editado por NilceuProf

Haloscan

Zip Net


Enviar esta mensagem




 

AO  FÁBIO MARTINS DE  SOUSA

 

 

Este  cantinho  sempre  retrata o que ocorre

conosco , na nossa  educativa ,  cotidiana ou não,

através  da variedade  de  textos .

Minha segunda-feira  começou bem. De ma

nhã foi calma; à  tarde, um pouco agitada,

mas a noite  desta segunda-feira  foi muto

triste. Ao chegar  no meu local de trabalho,

uma escola, recebi  a notícia de que um dos

meus alunos havia falecido. Foi um horror,

mesmo conhecendo pouco o  rapaz ( 17 anos

de idade), visto que é uma turma nova  para 

mim; mas o sentimento é mesmo, pois alunos,

às  vezes, são tratados  como se fossem filhos,

fiquei  chocado  com tamanha brutalidade .

Cabe à  família ,  ao  professor ,  educá-lo, ree

ducá-lo, prepará-lo para   a vida, que não é fácil .

Foram seis balas que culminaram com o fim de 

mais  uma vida terrena. As causas  são  desconhe

cidas. Há muitas  versões, mas  prefiro aguardar

que a justiça apure  o que houve.

Por isso,  meu sinal de  LUTO, hoje.  É  o mínimo

que posso fazer, para  que o coração da família 

seja amparado por DEUS  e que haja muita  for

ça,  para  que todos  seus   entes  queridos supe

rem essa  dor. Nesse momento ( 00h30) o corpo

está sendo velado e  o féretro dar-se-á, daqui a

pouco, às 08h00, em Campinas-sp.

Muita  paz, FÁBIO, você está agora com o PAI

MAIOR,  e seu outro lado da  vida, está apenas 

começando. Meu coração  dói muito, mas  sei

que você  estará bem!

 

 

**Não vou tirar  o som, porque o Fábio  gostava  !

 

 

Seu professor  Nilceu

 

Editado por NilceuProf

Haloscan

Zip Net


Enviar esta mensagem




Sindicato quer penhorar bens de pai de aluno inadimplente



O Sieeesp (Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino do Estado de São Paulo) está recomendando aos donos de escolas particulares que peçam judicialmente a penhora dos bens dos pais de alunos inadimplentes ou de seus fiadores. De acordo com o presidente da Sieeesp, José Augusto Mattos Lourenço, é uma forma de enfrentar a inadimplência que vem aumentando e já ameaça o caixa das escolas. A lei atual não permite que o aluno seja punido diretamente.

Lourenço disse que uma mudança no Código Civil Brasileiro, em vigor desde o final do ano passado, permite que o pedido de penhora dos bens do devedor seja feito no início do processo judicial de cobrança. "Antes, só se podia pedir no final e os processos demoram três ou quatro anos. Enquanto isso, a escola continuava bancando o aluno."



O Sieeesp representa 8.905 mil escolas particulares de educação infantil, ensino fundamental, médio e técnico-profissionalizante, com 1,7 milhão de alunos no Estado.

O presidente e a equipe do sindicato se reuniram com cerca de 2.000 donos de escolas nas 12 regionais do Estado para passar a nova orientação.

Fiador


Lourenço recomendou que os mantenedores exijam fiador do aluno inadimplente tanto na negociação do débito pendente, quanto para o contrato do ano seguinte. "Se o aluno ficou o ano todo sem pagar, ele ou o responsável devem assinar a confissão da dívida e apresentar um fiador que tenha bens. Se não apresentar, não faz a matrícula."

Se não houver a negociação ou esta não for cumprida, o passo seguinte é a penhora. "A legislação permite que, 90 dias depois do vencimento, a escola entre na Justiça e peça a penhora de bens do responsável ou do fiador."

Segundo Lourenço, a escola também deve encaminhar os dados dos devedores para o serviço de proteção ao crédito a fim de evitar que sejam admitidos em outros estabelecimentos.

Legalidade


O advogado Hélio Rosa Baldy Filho, do Serviço de Defesa do Consumidor (Procon) de Sorocaba, disse que a penhora dos bens do inadimplente é legal. "Quem dá educação de graça é o Estado. Na rede particular, é uma relação de consumo como qualquer outra."

Ele lembrou que uma medida provisória garante ao estudante a prestação do serviço durante os 12 meses do ano mesmo em caso de inadimplência. "Mas isso não impede que o responsável ou o fiador sofram ação de execução (cobrança) do débito", afirmou.

Agência  Estado

Editado por NilceuProf

Haloscan

Zip Net


Enviar esta mensagem




Alckmin será professor em universidade no litoral paulista

 

Candidato derrotado do PSDB à Presidência da República e ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin vai se tornar professor universitário no litoral paulista. A Unimes (Universidade Metropolitana de Santos) anunciou a contratação do tucano como professor do curso de graduação em medicina e pós-graduação em comércio exterior.

De acordo com a pró-reitora acadêmica Vera Aparecida Taboada de Carvalho Raphaelli, Alckmin será responsável pelas disciplinas de humanização em medicina (do curso de medicina) e pelo módulo de globalização mundial e perspectivas de inserção do Brasil (do MBA em comércio exterior).

Raphaelli afirmou que, a partir de maio, Alckmin estará na universidade duas vezes por semana, em período integral, para o curso de medicina. Ele também vai gravar algumas aulas --oito já foram gravadas-- e ministrar outras por videoconferência para o curso de comércio exterior.

A pró-reitora não quis revelar quanto será o valor da hora/aula pago ao ex-governador, mas disse que será "idêntico ao dos outros professores". "Não existe diferença entre Geraldo Alckmin e nenhum outro professor da Unimes. Ele é mais um que vem acrescentar", afirmou.

A Unimes também tem em seu corpo docente o ex-secretário estadual Gabriel Chalita, responsável pela pasta da Educação durante a gestão Alckmin no governo de São Paulo.

Segundo Raphaelli, Chalita dá aulas há dez anos na universidade e começou a lecionar antes de ocupar cargo público. Ele é responsável, no mestrado, pela disciplina de filosofia do direito.

"A universidade é totalmente apolítica. Não temos nada a ver com o PSDB. Temos boa relação com todos. Se o Lula quiser dar aula em Santos, ele também pode", disse Raphaelli.

Alckmin ministrará uma aula magna para professores e acadêmicos da área de saúde da Unimes --formado pelos cursos de medicina, enfermagem, odontologia e educação física-- na próxima terça-feira, às 9h.

No mesmo dia, às 19h, o ex-candidato tucano à Presidência também participa de uma aula inaugural do curso de pós-graduação em comércio exterior, quando discursará sobre o tema "Perspectivas do Comércio Exterior Brasileiro".

A reportagem entrou em contato com o escritório de Alckmin em São Paulo, mas não conseguiu contato com o ex-governador. A reportagem foi informada que ele ainda está nos Estados Unidos, onde faz um curso, e que deve chegar ao Brasil neste fim de semana.

Editado por NilceuProf

Haloscan

Zip Net


Enviar esta mensagem




Inglaterra: dirigente defende extinção de exames escolares

 

O  chefe da autoridade de Exames Escolares da Inglaterra, Ken Boston, afirmou que o governo deveria retirar os exames obrigatórios ao qual todos os alunos ingleses que são submetidos aos sete, 11 e 14 anos de idade, informou nesta quarta-feira a agência Ansa.

Segundo Boston, uma menor proporção de alunos poderia fazer os exames, ao invés de se tentar monitorar o nível da educação através de todos os estudantes. "Isto poderia ser conseguido com um método de exames progressivos", explicou ele.

Sobre as atuais leis britânicas, todas as crianças inglesas de sete, 11 e 14 anos devem ser submetidas aos exames básicos, que servem de amostragens sobre a progressão do nível educativo no país.

"Podemos obter os mesmos resultados, mas ao invés de que todos façam os exames, apenas alguns seriam submetidos e isso bastaria", disse Boston ao jornal The Times.

Os críticos dos planos do governo afirmam que o atual sistema é muito pesado, já que obriga professores a realizar muitas tarefas burocráticas, ao invés de se concentrar no ensino das matérias do currículo escolar.

Terra

Editado por NilceuProf

Haloscan

Zip Net


Enviar esta mensagem