BRASIL , Sudeste , Homem , de 26 a 35 anos , Portuguese , English , Música , Esportes , Amor
Outro -
Magia Gifs - O melhor site de GIFs!

Meu Humor



PERFIL
Nome:Nilceu Francisco

Aniversário:11 de julho

Cidade:Campinas-SP

Gosto:Boas amizades, Viver, Conquistar, Amar

Hobby:Compor

Filmes:Aprecio a todos os gêneros

Músicas:Dance, Românticas... Preferidas :Folhas de outono; As rosas não falam, Palavras lindas...

GREVE DOS PROFESSORES EM SP

SOM
Tema do filme " Ao mestre com carinho"


ALUNOS, EX-ALUNOS DE DIVERSAS ESCOLAS ONDE TRABALHO OU TRABALHEI.

MEUS OUTROS BLOGS

PAPAIS


FOLCLORE


OLIMPÍADAS BRASIL LÁ


CÂMERA OCULTA


O UÓ DO BOROGODÓ


MAMÃES


PAIXÃO POR CRISTO


BIG & BLOG


TÔ COM A MACACA


ENVIE CARINHOS


LOVE STORIESS


BLOG NILCEU


GARGALHADAS


RECANTO SANTISTA


BLOG POLÍTICA


PROSAMOROSA


BLOG ADULTO


FOTOLOG DA FAMA


FOTOBLOG SENSUAL


NATAL DOS SONHOS-Pesquisa


BLOG NEWCEU- Pesquisa


BLOG PAN-PAN - Pesquisa


BLOG FOLCLORE - Pesquisa


CAUSOS & FOLIAS - Pesquisa


BYE, BYE, tristeza - Pesquisa


ESPORTES & SPORTS - Pesquisa


HOME

LINKS

Aulas
ANPED
APEOESP
APRENDIZ UOL
Banco Brasil
BANCO ITAÚ
BANESPA
BLOGGER
BOL
BRADESCO
CAIXA FEDERAL
CENP - EDUNET
Como estudar
CONCURSOS
CPP
CURIOSIDADES
D.E. Leste
D.E. Oeste
Downloads Livros
ENEM
FATOS
Folclore
G1 Notícias
Gifs Best
GLOBO
Imprensa Oficial
Lição Casa
Ling Estrangeira
Literat e Gramát
Livros-Downloads
Ministério Fazenda
MEC
Nossa Caixa
PEGADINHAS
Portal MEC
Prefeitura Cps
PUCCAMP
Revista Profs
Secretaria Educação
TERRA
UNICAMP
UOL
USP
YAHOO
Manual Profs
Sonhos
Extra/Globo
EducarCrescer
EAD


Votação

Dê uma nota para meu blog OBRAS DE ARTE ALEIJADINHO, ANITA MALFATI, PORTINARI, MICHELANGÊLO, TARSILA DO AMARAL


INDIQUE

Indique esse Blog PESQUISE ARQUIVOS

25/08/2013 a 31/08/2013

11/08/2013 a 17/08/2013

21/07/2013 a 27/07/2013

23/06/2013 a 29/06/2013

21/04/2013 a 27/04/2013

14/04/2013 a 20/04/2013

07/04/2013 a 13/04/2013

11/11/2012 a 17/11/2012

04/11/2012 a 10/11/2012

14/10/2012 a 20/10/2012

01/07/2012 a 07/07/2012

29/04/2012 a 05/05/2012

22/04/2012 a 28/04/2012

26/02/2012 a 03/03/2012

29/01/2012 a 04/02/2012

08/01/2012 a 14/01/2012

01/01/2012 a 07/01/2012

18/12/2011 a 24/12/2011

27/11/2011 a 03/12/2011

20/11/2011 a 26/11/2011

13/11/2011 a 19/11/2011

23/10/2011 a 29/10/2011

09/10/2011 a 15/10/2011

18/09/2011 a 24/09/2011

11/09/2011 a 17/09/2011

04/09/2011 a 10/09/2011

14/08/2011 a 20/08/2011

07/08/2011 a 13/08/2011

10/07/2011 a 16/07/2011

26/06/2011 a 02/07/2011

05/06/2011 a 11/06/2011

29/05/2011 a 04/06/2011

08/05/2011 a 14/05/2011

24/04/2011 a 30/04/2011

10/04/2011 a 16/04/2011

13/03/2011 a 19/03/2011

27/02/2011 a 05/03/2011

20/02/2011 a 26/02/2011

06/02/2011 a 12/02/2011

16/01/2011 a 22/01/2011

26/12/2010 a 01/01/2011

19/12/2010 a 25/12/2010

05/12/2010 a 11/12/2010

07/11/2010 a 13/11/2010

17/10/2010 a 23/10/2010

10/10/2010 a 16/10/2010

03/10/2010 a 09/10/2010

12/09/2010 a 18/09/2010

05/09/2010 a 11/09/2010

29/08/2010 a 04/09/2010

22/08/2010 a 28/08/2010

15/08/2010 a 21/08/2010

08/08/2010 a 14/08/2010

04/07/2010 a 10/07/2010

20/06/2010 a 26/06/2010

13/06/2010 a 19/06/2010

23/05/2010 a 29/05/2010

16/05/2010 a 22/05/2010

02/05/2010 a 08/05/2010

25/04/2010 a 01/05/2010

11/04/2010 a 17/04/2010

04/04/2010 a 10/04/2010

28/03/2010 a 03/04/2010

21/03/2010 a 27/03/2010

14/03/2010 a 20/03/2010

07/03/2010 a 13/03/2010

28/02/2010 a 06/03/2010

21/02/2010 a 27/02/2010

07/02/2010 a 13/02/2010

31/01/2010 a 06/02/2010

24/01/2010 a 30/01/2010

17/01/2010 a 23/01/2010

10/01/2010 a 16/01/2010

27/12/2009 a 02/01/2010

20/12/2009 a 26/12/2009

13/12/2009 a 19/12/2009

29/11/2009 a 05/12/2009

22/11/2009 a 28/11/2009

15/11/2009 a 21/11/2009

08/11/2009 a 14/11/2009

01/11/2009 a 07/11/2009

25/10/2009 a 31/10/2009

18/10/2009 a 24/10/2009

11/10/2009 a 17/10/2009

04/10/2009 a 10/10/2009

27/09/2009 a 03/10/2009

20/09/2009 a 26/09/2009

13/09/2009 a 19/09/2009

06/09/2009 a 12/09/2009

23/08/2009 a 29/08/2009

09/08/2009 a 15/08/2009

02/08/2009 a 08/08/2009

26/07/2009 a 01/08/2009

19/07/2009 a 25/07/2009

12/07/2009 a 18/07/2009

05/07/2009 a 11/07/2009

28/06/2009 a 04/07/2009

21/06/2009 a 27/06/2009

14/06/2009 a 20/06/2009

07/06/2009 a 13/06/2009

31/05/2009 a 06/06/2009

24/05/2009 a 30/05/2009

17/05/2009 a 23/05/2009

10/05/2009 a 16/05/2009

03/05/2009 a 09/05/2009

26/04/2009 a 02/05/2009

19/04/2009 a 25/04/2009

12/04/2009 a 18/04/2009

05/04/2009 a 11/04/2009

29/03/2009 a 04/04/2009

22/03/2009 a 28/03/2009

15/03/2009 a 21/03/2009

08/03/2009 a 14/03/2009

01/03/2009 a 07/03/2009

22/02/2009 a 28/02/2009

08/02/2009 a 14/02/2009

01/02/2009 a 07/02/2009

25/01/2009 a 31/01/2009

18/01/2009 a 24/01/2009

11/01/2009 a 17/01/2009

04/01/2009 a 10/01/2009

28/12/2008 a 03/01/2009

21/12/2008 a 27/12/2008

14/12/2008 a 20/12/2008

07/12/2008 a 13/12/2008

30/11/2008 a 06/12/2008

23/11/2008 a 29/11/2008

16/11/2008 a 22/11/2008

09/11/2008 a 15/11/2008

02/11/2008 a 08/11/2008

26/10/2008 a 01/11/2008

19/10/2008 a 25/10/2008

12/10/2008 a 18/10/2008

05/10/2008 a 11/10/2008

28/09/2008 a 04/10/2008

14/09/2008 a 20/09/2008

07/09/2008 a 13/09/2008

31/08/2008 a 06/09/2008

24/08/2008 a 30/08/2008

17/08/2008 a 23/08/2008

10/08/2008 a 16/08/2008

03/08/2008 a 09/08/2008

27/07/2008 a 02/08/2008

20/07/2008 a 26/07/2008

13/07/2008 a 19/07/2008

06/07/2008 a 12/07/2008

29/06/2008 a 05/07/2008

22/06/2008 a 28/06/2008

15/06/2008 a 21/06/2008

08/06/2008 a 14/06/2008

01/06/2008 a 07/06/2008

25/05/2008 a 31/05/2008

18/05/2008 a 24/05/2008

11/05/2008 a 17/05/2008

04/05/2008 a 10/05/2008

27/04/2008 a 03/05/2008

20/04/2008 a 26/04/2008

13/04/2008 a 19/04/2008

06/04/2008 a 12/04/2008

30/03/2008 a 05/04/2008

23/03/2008 a 29/03/2008

16/03/2008 a 22/03/2008

09/03/2008 a 15/03/2008

02/03/2008 a 08/03/2008

24/02/2008 a 01/03/2008

17/02/2008 a 23/02/2008

10/02/2008 a 16/02/2008

03/02/2008 a 09/02/2008

27/01/2008 a 02/02/2008

20/01/2008 a 26/01/2008

13/01/2008 a 19/01/2008

06/01/2008 a 12/01/2008

30/12/2007 a 05/01/2008

23/12/2007 a 29/12/2007

16/12/2007 a 22/12/2007

09/12/2007 a 15/12/2007

02/12/2007 a 08/12/2007

25/11/2007 a 01/12/2007

18/11/2007 a 24/11/2007

11/11/2007 a 17/11/2007

04/11/2007 a 10/11/2007

28/10/2007 a 03/11/2007

21/10/2007 a 27/10/2007

14/10/2007 a 20/10/2007

07/10/2007 a 13/10/2007

30/09/2007 a 06/10/2007

23/09/2007 a 29/09/2007

16/09/2007 a 22/09/2007

09/09/2007 a 15/09/2007

02/09/2007 a 08/09/2007

26/08/2007 a 01/09/2007

19/08/2007 a 25/08/2007

12/08/2007 a 18/08/2007

05/08/2007 a 11/08/2007

29/07/2007 a 04/08/2007

22/07/2007 a 28/07/2007

15/07/2007 a 21/07/2007

08/07/2007 a 14/07/2007

01/07/2007 a 07/07/2007

24/06/2007 a 30/06/2007

17/06/2007 a 23/06/2007

10/06/2007 a 16/06/2007

03/06/2007 a 09/06/2007

27/05/2007 a 02/06/2007

20/05/2007 a 26/05/2007

13/05/2007 a 19/05/2007

06/05/2007 a 12/05/2007

29/04/2007 a 05/05/2007

22/04/2007 a 28/04/2007

15/04/2007 a 21/04/2007

08/04/2007 a 14/04/2007

01/04/2007 a 07/04/2007

25/03/2007 a 31/03/2007

18/03/2007 a 24/03/2007

11/03/2007 a 17/03/2007

04/03/2007 a 10/03/2007

25/02/2007 a 03/03/2007

18/02/2007 a 24/02/2007

11/02/2007 a 17/02/2007

04/02/2007 a 10/02/2007

28/01/2007 a 03/02/2007

21/01/2007 a 27/01/2007

07/01/2007 a 13/01/2007

31/12/2006 a 06/01/2007

24/12/2006 a 30/12/2006

17/12/2006 a 23/12/2006

10/12/2006 a 16/12/2006

03/12/2006 a 09/12/2006

26/11/2006 a 02/12/2006

19/11/2006 a 25/11/2006

12/11/2006 a 18/11/2006

05/11/2006 a 11/11/2006

29/10/2006 a 04/11/2006

22/10/2006 a 28/10/2006

15/10/2006 a 21/10/2006

08/10/2006 a 14/10/2006

01/10/2006 a 07/10/2006

24/09/2006 a 30/09/2006

10/09/2006 a 16/09/2006

03/09/2006 a 09/09/2006

27/08/2006 a 02/09/2006

20/08/2006 a 26/08/2006

13/08/2006 a 19/08/2006

06/08/2006 a 12/08/2006

30/07/2006 a 05/08/2006

16/07/2006 a 22/07/2006

09/07/2006 a 15/07/2006

02/07/2006 a 08/07/2006

25/06/2006 a 01/07/2006

18/06/2006 a 24/06/2006

04/06/2006 a 10/06/2006

28/05/2006 a 03/06/2006

21/05/2006 a 27/05/2006

14/05/2006 a 20/05/2006

30/04/2006 a 06/05/2006

23/04/2006 a 29/04/2006

16/04/2006 a 22/04/2006

02/04/2006 a 08/04/2006

19/03/2006 a 25/03/2006

12/03/2006 a 18/03/2006

05/03/2006 a 11/03/2006

19/02/2006 a 25/02/2006

12/02/2006 a 18/02/2006

05/02/2006 a 11/02/2006

29/01/2006 a 04/02/2006

22/01/2006 a 28/01/2006

15/01/2006 a 21/01/2006

08/01/2006 a 14/01/2006

01/01/2006 a 07/01/2006

25/12/2005 a 31/12/2005

18/12/2005 a 24/12/2005

11/12/2005 a 17/12/2005

04/12/2005 a 10/12/2005

27/11/2005 a 03/12/2005

20/11/2005 a 26/11/2005

13/11/2005 a 19/11/2005

06/11/2005 a 12/11/2005

30/10/2005 a 05/11/2005

23/10/2005 a 29/10/2005

16/10/2005 a 22/10/2005

09/10/2005 a 15/10/2005

02/10/2005 a 08/10/2005

25/09/2005 a 01/10/2005

18/09/2005 a 24/09/2005

11/09/2005 a 17/09/2005

04/09/2005 a 10/09/2005

28/08/2005 a 03/09/2005

21/08/2005 a 27/08/2005

14/08/2005 a 20/08/2005

07/08/2005 a 13/08/2005


Créditos




.

.

Caixa dá financiamento de até R$ 30 mil
 
para pós-graduação



Em 2007, a Caixa Econômica Federal pretende ampliar
 
seu programa de crédito voltado a cursos de mestrado
 
e pós-graduação.

Lançado em maio deste ano, o programa concede finan
 
ciamentos, especialmente a estudantes recém-formados,
 
para a especialização profissional. O empréstimo - de
 
no máximo R$ 30 mil - pode ser financiado em até 36 me
 
ses, com a taxa de juros de 2,17% ao ano.

Para se habilitar ao financiamento, a pessoa deve ir a
 
qualquer agência da Caixa no país, onde passará por
 
uma avaliação cadastral, na qual será verificada a capa
 
cidade de pagamento. Em até cinco dias úteis o crédito
 
é liberado.

A linha de crédito cobre até 100% do curso, cuja institui
 
ção de ensino deve ser reconhecida pelo Ministério da
 
Educação (MEC). O programa tem 105 entidades con
 
veniadas, que oferecem descontos aos alunos interessa
 
dos.

Hoje, a carteira soma R$ 238 mil em financiamentos. A
 
média das contratações tem ficado em R$ 5,5 mil. "A
 
gente percebe que o público de pós-graduação, princi
 
palmente de mestrado, ainda não foi atingido", diz a ge
 
rente de empréstimo comercial a pessoas físicas do
 
banco, Elisabete Kioko Imamura.

Agência Brasil
 

Editado por NilceuProf

Haloscan

Zip Net


Enviar esta mensagem




.

.

OAB-SP reprova 83,84% no exame
 
130; veja o resultado


Confira a lista de aprovados

A OAB-SP (Ordem dos Advogados do Brasil) em
 
São Paulo reprovou 83,84% dos candidatos
 
que participaram do 130º Exame de Ordem.
 
Dos 18.660 bacharéis em direito que fizeram
 
a avaliação, apenas 3.016 (16,16%) passaram.

No total, o exame 130 recebeu 19.644 inscrições,
 
mas 984 não participaram da 1ª avaliação, que
 
aconteceu em 20 de agosto. Passaram para a
 
2ª fase, que foi realizada em 17 de setembro,
 
5.999 candidatos (32,14%).

A segunda fase constou de uma peça profissio
 
nal de direito civil, do trabalho, penal ou tribu
 
tário e quatro questões práticas. Foram apro
 
vados os candidatos que obtiveram nota igual
 
ou superior a seis.

A aprovação no exame da OAB é requisito para o
 
exercício da profissão de advogado.

Mais informações podem ser obtidas no site
 
da OAB-SP.

Editado por NilceuProf

Haloscan

Zip Net


Enviar esta mensagem




Fies abre inscrições nesta segunda-feira


O MEC (Ministério da Educação) inicia nesta segunda-feira (6/11)
 
as inscrições para o Fies (Fundo de Financiamento ao Estudan
 
te do Ensino Superior). São oferecidos 100 mil benefícios de até
 
50% do valor da mensalidade do curso superior.

A principal novidade é que a taxa anual de juros do financiamento
 
baixou de 9% para 6,5%. Para os alunos que cursam licenciatu
 
ras, pedagogia, normal superior e cursos tecnológicos registrados
 
no cadastro do MEC, essa taxa caiu para 3,5% ao ano.

Para os alunos do Programa Universidade para Todos (ProUni),
 
que já têm bolsa de 50% do valor da mensalidade e podem finan
 
ciar mais 25% da parcela, a inscrição vai até 19 de novembro. Pa
 
ra os demais estudantes, que obrigatoriamente devem estar ma
 
triculados em um curso superior, o prazo acaba em 26 de novem
 
bro.

Adesões das IES

As IES (Instituições de Ensino Superior) puderam se inscrever no
 
programa até a última quarta-feira (1º/11).

O balanço parcial desse cadastro aponta que, em 2007, o progra
 
ma terá a participação de 933 entidades de ensino, em 1.799 cam
 
pi em todo o país. "São números praticamente finais. Apenas um
 
ou outro erro na listagem será corrigido", explica o diretor do De
 
partamento de Modernização e Programas da Educação Superior
 
do MEC, Celso Carneiro Ribeiro.

A divulgação da lista das universidades participantes deve ser fei
 
ta nesta segunda, dia 6/11, site da Caixa.

O orçamento do Fies para o próximo ano, contabilizando os con
 
tratos novos e os em andamento, será de R$ 900 milhões.


Queda nas inscrições

Em 2005, o programa recebeu 135.167 inscritos. Em 2004, o nú
 
mero de inscrições havia sido de 196 mil. Na época, uma das cau
 
sas para essa diminuição apontada por Ribeiro foi o ProUni.

Para 2007, ele afirma que "não há previsão" nem de aumento nem
 
de diminuição do número de inscrições e que a queda da taxa de
 
juros não ocorreu para atrair mais estudantes ao programa.

"Essa dimunição nos juros é decorrente da redução da taxa de in
 
flação. O ProUni e o Fies não são concorrentes, mas sim comple
 
mentares. Cada um foca em um público. O ProUni se dirige a um
 
estudante mais carente do que o do Fies", explica o diretor do MEC.

Como funciona
 

Os estudantes terão que preencher a ficha de inscrição, que esta
 
rá disponível no site da Caixa, imprimir o documento em duas vias
 
e entregar à instituição de ensino em que está matriculado até es
 
sas datas.

Têm preferência no acesso ao Fies os estudantes que cursaram o
 
ensino médio completo em escolas da rede pública, não têm cur
 
so superior completo, não têm residência própria e têm mais de um
 
membro da família sem bolsa de estudo em instituição de ensino
 
superior privada.

Em 24/11, o MEC divulgará a relação dos beneficiados no ProUni
 
que estão inscritos no programa e, em 27/11, a lista dos seleciona
 
dos entre esses candidatos. Na mesma data será anunciada a lis
 
ta dos demais interessados que estão com a inscrição regulariza
 
da. Os aprovados nessa categoria serão conhecidos em 6/12.

Durante a graduação, o aluno paga à instituição a parcela da men
 
salidade não coberta pelo financiamento e, a cada três meses, qui
 
ta uma parcela dos juros (no valor de R$ 50). Essa parcela trimes
 
tral dos juros vai sendo abatida do saldo devedor.

A quitação do empréstimo tem duas etapas. Na primeira fase, ou
 
seja, nos 12 primeiros meses após a formatura no ensino superi
 
or, o aluno continua pagando prestação igual à última parcela
 
(30% ou 50% da mensalidade, segundo o contrato de cada um).

Na segunda fase, a CEF divide o saldo do empréstimo em presta
 
ções iguais pelo prazo de uma vez e meia o período de utiliza
 
ção. Por exemplo: se o curso teve duração de quatro anos, o alu
 
no pagará prestações por sete anos (12 meses da primeira fase
 
e mais seis anos da segunda fase).

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone
 
0/xx/61/2104-8757.
 

Editado por NilceuProf

Haloscan

Zip Net


Enviar esta mensagem




Halloween - Dia das Bruxas


Introdução


O Halloween é uma festa comemorativa celebrada

todo ano no dia 31 de outubro, véspera do dia de

Todos os Santos. Ela é realizada em grande parte

dos países ocidentais, porém é mais representati

va nos Estados Unidos. Neste país, levada pelos

imigrantes irlandeses, ela chegou em meados do

século XIX.

História do Dia das Bruxas

A
história desta data comemorativa tem mais de

2500 anos. Surgiu entre o povo celta, que acredi

tavam que no último dia do verão (31 de outubro),

os espíritos saiam dos cemitérios para tomar pos

se dos corpos dos vivos. Para assustar estes fan

tasmas, os celtas colocavam, nas casas, objetos

assustadores como, por exemplo, caveiras, ossos

decorados, abóboras enfeitadas entre outros.


Por ser uma festa pagã foi condenada na Europa

durante a Idade Média, quando passou a ser cha

mada de Dia das Bruxas. Aqueles que comemora

vam esta data eram perseguidos e condenados à

fogueira pela Inquisição.


Com o objetivo de diminuir as influências pagãs

na Europa Medieval, a Igreja cristianizou a festa,

criando o Dia de Finados (2 de novembro).

Símbolos e Tradições

Esta festa, por estar relacionada em sua origem à

morte, resgata elementos e figuras assustadoras.

São símbolos comuns desta festa: fantasmas, bru

xas, zumbis, caveiras, monstros, gatos negros e

até personagens como Drácula e Frankestein.


As crianças também participam desta festa. Com a

ajuda dos pais, usam fantasias assustadoras e par

tem de porta em porta na vizinhança, onde soltam

a frase “doçura ou travessura”. Felizes, terminam

a noite do 31 de outubro, com sacos cheios de gu

loseimas, balas, chocolates e doces.

Halloween no Brasil

No
Brasil a comemoração desta data é recente. Che

gou ao nosso país através da grande influência da

cultura americana, principalmente vinda pela televi

são. Os cursos de língua inglesa também colabo

ram para a propagação da festa em território naci

onal, pois valorização e comemoram esta data

com seus alunos: uma forma de vivenciar com os

estudantes a cultura norte-americana.


Muitos brasileiros defendem que a data nada tem

a ver com nossa cultura e, portanto, deveria ser

deixada de lado. Argumentam que o Brasil tem um

rico folclore que deveria ser mais valorizado.


Para tanto, foi criado pelo governo, em 2005, o Dia

do Saci (comemorado também em 31 de outubro).

Fonte: Suapesquisa.com

Editado por NilceuProf

Haloscan

Zip Net


Enviar esta mensagem




.

.

 
Depois das cotas, os cursinhos
 
para escola pública

Milton Hatoum
 

Não sabemos quem será seu

Ministro da Educação. Na última

crônica (2 de outubro), comentei a importância de

se priorizar a qualidade do ensino público no País.

Penso que esse tema é uma obsessão da maioria

dos brasileiros. Mais do que um tema, a educação

pública é uma questão que diz respeito à

sobrevivência da nação. Distribuição de renda

e educação com qualidade são questões

inseparáveis, e delas depende nossa passagem para

o futuro. Nem é preciso insistir na situação precária

 do ensino público, nos salários vergonhosos dos

 professores, no abandono e na repetência de

 inúmeros estudantes, na violência nas escolas. Para

 um jovem pobre e ás vezes sem amparo da família,

 freqüentar uma escola, estudar e ter uma boa

formação profissional é muito mais do que um ato

 heróico: é um milagre.

Como não sou economista, prefiro evitar sugestões

 aventureiras ou duvidosas sobre a distribuição de

 renda. Mas como lecionei durante quinze anos numa

 universidade pública, e estudei e me formei também

 em escolas públicas, talvez possa dar uma sugestão

 modesta para democratizar o acesso às instituições

 de ensino superior.

II

O sistema de cotas para negros pode aumentar o

 número de negros nas universidades públicas de

 qualidade. No entanto, como declarou o professor e

 antropólogo Kabengele Munanga à revista do

Instituto de Estudos Avançados (USP):

"As cotas são uma medida provisória, para acelerar o

 processo. No entanto, julgo que não somente os

 negros, mas também os brancos pobres têm o

 direito às cotas. Se as cotas forem adotadas, devem

 ser cruzados critérios econômicos com critérios

 étnicos. Porque meus filhos não precisam de cotas,

 assim como outros negros da classe média".

O que de fato deve ser implementado é uma política

 educacional que combine qualidade de ensino com

 salários dignos. E isso não apenas para negros, e

 sim para todos os pobres. Minha sugestão é que

 sejam criados cursinhos de excelência para os jovens

 da escola pública que vão prestar o exame

 vestibular. Isso já existe em São Paulo, no Rio e em

outras cidades, mas são experiências pontuais. Por

 que não implantar cursinhos de qualidade em

dezenas, talvez centenas de cidades brasileiras?

 Claro que tal medida exigiria planejamento e

 recursos. E, acima de tudo, decisão política. Penso

 que seria uma medida eficaz para acelerar o

 processo mencionado pelo professor Munanga. Os

municípios poderiam usar o espaço físico das escolas

 existentes; poderiam fazer um acordo com o governo

 federal para pagar um bom salário aos professores.

 Em poucos anos, o contingente de jovens pobres nas

 universidades públicas certamente aumentaria.

III

A periferia não pode mais esperar, pois é o retrato

 mais cabal de uma sociedade segregada. Já que

 prefeitos e governadores não se empenham em

pagar bons salários aos educadores, o governo

federal pode criar mecanismos de compensação que

 permitam o ingresso dos jovens pobres na

 universidade pública.

Os Pontos de Cultura e o PROUNI são experiências

 que têm dado certo. Não seria o caso de pensar num

 PROVESTIBULAR para a periferia do Brasil? Seria

pedir muito? Será que o assassinato de mais de 40

mil jovens (a imensa maioria de pobres e negros)

por ano não justifica uma política educacional mais

 ousada?


Milton Hatoum é escritor, autor dos romances Dois Irmãos, Relato de um Certo Oriente e Cinzas do Norte.
 
 

Editado por NilceuProf

Haloscan

Zip Net


Enviar esta mensagem




.

LULA REELEITO PRESIDENTE DA REPÚBLICA

 

Confiara  o  perfil do Presidente


Lula tem uma biografia controversa desde o

nascimento, em Vargem Grande, atual Cae

tés, Pernambuco. Segundo o próprio candida

to, ele teria nascido no dia 27 de outubro,

mas seu pai teria feito o registro antes, no dia

6 de outubro.

Sua carreira como líder político coincide com

a pressão popular pela abertura política du

rante o regime militar. À frente do Sindicato

dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo,

o então torneiro mecânico catalisou a vonta

de de setores sociais que queriam o fim da di

tadura.

Filho de lavradores, Lula migrou para São Pau

lo com a mãe, dona Eurídice, e sete irmãos

quando tinha 7 anos. A viagem durou 13 dias,

em um caminhão pau-de-arara. Em São Paulo,

a família foi morar no Guarujá, para se juntar

ao pai de Lula, Aristides, que havia migrado al

guns anos antes.

Em 1956, a mãe e os filhos mudam para São

Paulo, onde inicialmente moram em um quar

to nos fundos de um bar na Vila Carioca. Lula

começa a trabalhar aos 12 anos, como engra

xate e entregador de uma tinturaria.

Seu primeiro trabalho com carteira assinada

foi em uma metalúrgica, quando ele tinha 14

anos. Em 1963, conclui curso de torneiro mecâ

nico no Senai e no ano seguinte, na Metalúrgi

ca Aliança, sofre o acidente que lhe custou o

dedo mínimo da mão esquerda.

Em 1966, quando trabalhava nas Indústrias

Villares, Lula começa sua militância sindical,

por influência do irmão mais velho, Frei Chico.

Nesse mesmo ano, perde sua primeira mu

lher, a operária Maria de Lourdes, e o filho, du

rante o parto. Nos anos seguintes, intensifica

sua militância sindical.

Em 1972, é eleito primeiro-secretário do Sin

dicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do

Campo. Entre 1975 e 1978, assume por duas

vezes a presidência do sindicato. As greves li

deradas por Lula à frente dos metalúrgicos

nesse período aumentam a pressão popular

pelo fim da ditadura.

Em fevereiro de 1980, Lula, intelectuais, sin

dicalistas e acadêmicos fundam o Partido dos

Trabalhadores. Três anos mais tarde, ele

participa da fundação da CUT (Central Única

dos Trabalhadores). No ano seguinte, inte

gra o movimento das “Diretas Já”.

Em 1986, é o candidato mais votado (650 mil

votos) à Assembléia Nacional Constituinte. Em

1989, tenta pela primeira vez a presidência,

mas perde a eleição para Fernando Collor de

Mello, candidato do PRN. Em 1994, tenta de no

vo a presidência, mas perde de novo, desta

vez para o sociólogo Fernando Henrique Car

doso, do PSDB. Lula perderia de novo para Fer

nando Henrique quatro anos mais tarde, no pri

meiro turno da eleição.

Em 2002, seria enfim eleito presidente da Repú

blica com o maior número de votos já obtido por

um político até então (52,4 milhões de votos).

Casado com Marisa Letícia da Silva, tem cinco fi

lhos, três em comum com a primeira-dama.

Editado por NilceuProf

Haloscan

Zip Net


Enviar esta mensagem