BRASIL , Sudeste , Homem , de 26 a 35 anos , Portuguese , English , Música , Esportes , Amor
Outro -
Magia Gifs - O melhor site de GIFs!

Meu Humor



PERFIL
Nome:Nilceu Francisco

Aniversário:11 de julho

Cidade:Campinas-SP

Gosto:Boas amizades, Viver, Conquistar, Amar

Hobby:Compor

Filmes:Aprecio a todos os gêneros

Músicas:Dance, Românticas... Preferidas :Folhas de outono; As rosas não falam, Palavras lindas...

GREVE DOS PROFESSORES EM SP

SOM
Tema do filme " Ao mestre com carinho"


ALUNOS, EX-ALUNOS DE DIVERSAS ESCOLAS ONDE TRABALHO OU TRABALHEI.

MEUS OUTROS BLOGS

PAPAIS


FOLCLORE


OLIMPÍADAS BRASIL LÁ


CÂMERA OCULTA


O UÓ DO BOROGODÓ


MAMÃES


PAIXÃO POR CRISTO


BIG & BLOG


TÔ COM A MACACA


ENVIE CARINHOS


LOVE STORIESS


BLOG NILCEU


GARGALHADAS


RECANTO SANTISTA


BLOG POLÍTICA


PROSAMOROSA


BLOG ADULTO


FOTOLOG DA FAMA


FOTOBLOG SENSUAL


NATAL DOS SONHOS-Pesquisa


BLOG NEWCEU- Pesquisa


BLOG PAN-PAN - Pesquisa


BLOG FOLCLORE - Pesquisa


CAUSOS & FOLIAS - Pesquisa


BYE, BYE, tristeza - Pesquisa


ESPORTES & SPORTS - Pesquisa


HOME

LINKS

Aulas
ANPED
APEOESP
APRENDIZ UOL
Banco Brasil
BANCO ITAÚ
BANESPA
BLOGGER
BOL
BRADESCO
CAIXA FEDERAL
CENP - EDUNET
Como estudar
CONCURSOS
CPP
CURIOSIDADES
D.E. Leste
D.E. Oeste
Downloads Livros
ENEM
FATOS
Folclore
G1 Notícias
Gifs Best
GLOBO
Imprensa Oficial
Lição Casa
Ling Estrangeira
Literat e Gramát
Livros-Downloads
Ministério Fazenda
MEC
Nossa Caixa
PEGADINHAS
Portal MEC
Prefeitura Cps
PUCCAMP
Revista Profs
Secretaria Educação
TERRA
UNICAMP
UOL
USP
YAHOO
Manual Profs
Sonhos
Extra/Globo
EducarCrescer
EAD


Votação

Dê uma nota para meu blog OBRAS DE ARTE ALEIJADINHO, ANITA MALFATI, PORTINARI, MICHELANGÊLO, TARSILA DO AMARAL


INDIQUE

Indique esse Blog PESQUISE ARQUIVOS

25/08/2013 a 31/08/2013

11/08/2013 a 17/08/2013

21/07/2013 a 27/07/2013

23/06/2013 a 29/06/2013

21/04/2013 a 27/04/2013

14/04/2013 a 20/04/2013

07/04/2013 a 13/04/2013

11/11/2012 a 17/11/2012

04/11/2012 a 10/11/2012

14/10/2012 a 20/10/2012

01/07/2012 a 07/07/2012

29/04/2012 a 05/05/2012

22/04/2012 a 28/04/2012

26/02/2012 a 03/03/2012

29/01/2012 a 04/02/2012

08/01/2012 a 14/01/2012

01/01/2012 a 07/01/2012

18/12/2011 a 24/12/2011

27/11/2011 a 03/12/2011

20/11/2011 a 26/11/2011

13/11/2011 a 19/11/2011

23/10/2011 a 29/10/2011

09/10/2011 a 15/10/2011

18/09/2011 a 24/09/2011

11/09/2011 a 17/09/2011

04/09/2011 a 10/09/2011

14/08/2011 a 20/08/2011

07/08/2011 a 13/08/2011

10/07/2011 a 16/07/2011

26/06/2011 a 02/07/2011

05/06/2011 a 11/06/2011

29/05/2011 a 04/06/2011

08/05/2011 a 14/05/2011

24/04/2011 a 30/04/2011

10/04/2011 a 16/04/2011

13/03/2011 a 19/03/2011

27/02/2011 a 05/03/2011

20/02/2011 a 26/02/2011

06/02/2011 a 12/02/2011

16/01/2011 a 22/01/2011

26/12/2010 a 01/01/2011

19/12/2010 a 25/12/2010

05/12/2010 a 11/12/2010

07/11/2010 a 13/11/2010

17/10/2010 a 23/10/2010

10/10/2010 a 16/10/2010

03/10/2010 a 09/10/2010

12/09/2010 a 18/09/2010

05/09/2010 a 11/09/2010

29/08/2010 a 04/09/2010

22/08/2010 a 28/08/2010

15/08/2010 a 21/08/2010

08/08/2010 a 14/08/2010

04/07/2010 a 10/07/2010

20/06/2010 a 26/06/2010

13/06/2010 a 19/06/2010

23/05/2010 a 29/05/2010

16/05/2010 a 22/05/2010

02/05/2010 a 08/05/2010

25/04/2010 a 01/05/2010

11/04/2010 a 17/04/2010

04/04/2010 a 10/04/2010

28/03/2010 a 03/04/2010

21/03/2010 a 27/03/2010

14/03/2010 a 20/03/2010

07/03/2010 a 13/03/2010

28/02/2010 a 06/03/2010

21/02/2010 a 27/02/2010

07/02/2010 a 13/02/2010

31/01/2010 a 06/02/2010

24/01/2010 a 30/01/2010

17/01/2010 a 23/01/2010

10/01/2010 a 16/01/2010

27/12/2009 a 02/01/2010

20/12/2009 a 26/12/2009

13/12/2009 a 19/12/2009

29/11/2009 a 05/12/2009

22/11/2009 a 28/11/2009

15/11/2009 a 21/11/2009

08/11/2009 a 14/11/2009

01/11/2009 a 07/11/2009

25/10/2009 a 31/10/2009

18/10/2009 a 24/10/2009

11/10/2009 a 17/10/2009

04/10/2009 a 10/10/2009

27/09/2009 a 03/10/2009

20/09/2009 a 26/09/2009

13/09/2009 a 19/09/2009

06/09/2009 a 12/09/2009

23/08/2009 a 29/08/2009

09/08/2009 a 15/08/2009

02/08/2009 a 08/08/2009

26/07/2009 a 01/08/2009

19/07/2009 a 25/07/2009

12/07/2009 a 18/07/2009

05/07/2009 a 11/07/2009

28/06/2009 a 04/07/2009

21/06/2009 a 27/06/2009

14/06/2009 a 20/06/2009

07/06/2009 a 13/06/2009

31/05/2009 a 06/06/2009

24/05/2009 a 30/05/2009

17/05/2009 a 23/05/2009

10/05/2009 a 16/05/2009

03/05/2009 a 09/05/2009

26/04/2009 a 02/05/2009

19/04/2009 a 25/04/2009

12/04/2009 a 18/04/2009

05/04/2009 a 11/04/2009

29/03/2009 a 04/04/2009

22/03/2009 a 28/03/2009

15/03/2009 a 21/03/2009

08/03/2009 a 14/03/2009

01/03/2009 a 07/03/2009

22/02/2009 a 28/02/2009

08/02/2009 a 14/02/2009

01/02/2009 a 07/02/2009

25/01/2009 a 31/01/2009

18/01/2009 a 24/01/2009

11/01/2009 a 17/01/2009

04/01/2009 a 10/01/2009

28/12/2008 a 03/01/2009

21/12/2008 a 27/12/2008

14/12/2008 a 20/12/2008

07/12/2008 a 13/12/2008

30/11/2008 a 06/12/2008

23/11/2008 a 29/11/2008

16/11/2008 a 22/11/2008

09/11/2008 a 15/11/2008

02/11/2008 a 08/11/2008

26/10/2008 a 01/11/2008

19/10/2008 a 25/10/2008

12/10/2008 a 18/10/2008

05/10/2008 a 11/10/2008

28/09/2008 a 04/10/2008

14/09/2008 a 20/09/2008

07/09/2008 a 13/09/2008

31/08/2008 a 06/09/2008

24/08/2008 a 30/08/2008

17/08/2008 a 23/08/2008

10/08/2008 a 16/08/2008

03/08/2008 a 09/08/2008

27/07/2008 a 02/08/2008

20/07/2008 a 26/07/2008

13/07/2008 a 19/07/2008

06/07/2008 a 12/07/2008

29/06/2008 a 05/07/2008

22/06/2008 a 28/06/2008

15/06/2008 a 21/06/2008

08/06/2008 a 14/06/2008

01/06/2008 a 07/06/2008

25/05/2008 a 31/05/2008

18/05/2008 a 24/05/2008

11/05/2008 a 17/05/2008

04/05/2008 a 10/05/2008

27/04/2008 a 03/05/2008

20/04/2008 a 26/04/2008

13/04/2008 a 19/04/2008

06/04/2008 a 12/04/2008

30/03/2008 a 05/04/2008

23/03/2008 a 29/03/2008

16/03/2008 a 22/03/2008

09/03/2008 a 15/03/2008

02/03/2008 a 08/03/2008

24/02/2008 a 01/03/2008

17/02/2008 a 23/02/2008

10/02/2008 a 16/02/2008

03/02/2008 a 09/02/2008

27/01/2008 a 02/02/2008

20/01/2008 a 26/01/2008

13/01/2008 a 19/01/2008

06/01/2008 a 12/01/2008

30/12/2007 a 05/01/2008

23/12/2007 a 29/12/2007

16/12/2007 a 22/12/2007

09/12/2007 a 15/12/2007

02/12/2007 a 08/12/2007

25/11/2007 a 01/12/2007

18/11/2007 a 24/11/2007

11/11/2007 a 17/11/2007

04/11/2007 a 10/11/2007

28/10/2007 a 03/11/2007

21/10/2007 a 27/10/2007

14/10/2007 a 20/10/2007

07/10/2007 a 13/10/2007

30/09/2007 a 06/10/2007

23/09/2007 a 29/09/2007

16/09/2007 a 22/09/2007

09/09/2007 a 15/09/2007

02/09/2007 a 08/09/2007

26/08/2007 a 01/09/2007

19/08/2007 a 25/08/2007

12/08/2007 a 18/08/2007

05/08/2007 a 11/08/2007

29/07/2007 a 04/08/2007

22/07/2007 a 28/07/2007

15/07/2007 a 21/07/2007

08/07/2007 a 14/07/2007

01/07/2007 a 07/07/2007

24/06/2007 a 30/06/2007

17/06/2007 a 23/06/2007

10/06/2007 a 16/06/2007

03/06/2007 a 09/06/2007

27/05/2007 a 02/06/2007

20/05/2007 a 26/05/2007

13/05/2007 a 19/05/2007

06/05/2007 a 12/05/2007

29/04/2007 a 05/05/2007

22/04/2007 a 28/04/2007

15/04/2007 a 21/04/2007

08/04/2007 a 14/04/2007

01/04/2007 a 07/04/2007

25/03/2007 a 31/03/2007

18/03/2007 a 24/03/2007

11/03/2007 a 17/03/2007

04/03/2007 a 10/03/2007

25/02/2007 a 03/03/2007

18/02/2007 a 24/02/2007

11/02/2007 a 17/02/2007

04/02/2007 a 10/02/2007

28/01/2007 a 03/02/2007

21/01/2007 a 27/01/2007

07/01/2007 a 13/01/2007

31/12/2006 a 06/01/2007

24/12/2006 a 30/12/2006

17/12/2006 a 23/12/2006

10/12/2006 a 16/12/2006

03/12/2006 a 09/12/2006

26/11/2006 a 02/12/2006

19/11/2006 a 25/11/2006

12/11/2006 a 18/11/2006

05/11/2006 a 11/11/2006

29/10/2006 a 04/11/2006

22/10/2006 a 28/10/2006

15/10/2006 a 21/10/2006

08/10/2006 a 14/10/2006

01/10/2006 a 07/10/2006

24/09/2006 a 30/09/2006

10/09/2006 a 16/09/2006

03/09/2006 a 09/09/2006

27/08/2006 a 02/09/2006

20/08/2006 a 26/08/2006

13/08/2006 a 19/08/2006

06/08/2006 a 12/08/2006

30/07/2006 a 05/08/2006

16/07/2006 a 22/07/2006

09/07/2006 a 15/07/2006

02/07/2006 a 08/07/2006

25/06/2006 a 01/07/2006

18/06/2006 a 24/06/2006

04/06/2006 a 10/06/2006

28/05/2006 a 03/06/2006

21/05/2006 a 27/05/2006

14/05/2006 a 20/05/2006

30/04/2006 a 06/05/2006

23/04/2006 a 29/04/2006

16/04/2006 a 22/04/2006

02/04/2006 a 08/04/2006

19/03/2006 a 25/03/2006

12/03/2006 a 18/03/2006

05/03/2006 a 11/03/2006

19/02/2006 a 25/02/2006

12/02/2006 a 18/02/2006

05/02/2006 a 11/02/2006

29/01/2006 a 04/02/2006

22/01/2006 a 28/01/2006

15/01/2006 a 21/01/2006

08/01/2006 a 14/01/2006

01/01/2006 a 07/01/2006

25/12/2005 a 31/12/2005

18/12/2005 a 24/12/2005

11/12/2005 a 17/12/2005

04/12/2005 a 10/12/2005

27/11/2005 a 03/12/2005

20/11/2005 a 26/11/2005

13/11/2005 a 19/11/2005

06/11/2005 a 12/11/2005

30/10/2005 a 05/11/2005

23/10/2005 a 29/10/2005

16/10/2005 a 22/10/2005

09/10/2005 a 15/10/2005

02/10/2005 a 08/10/2005

25/09/2005 a 01/10/2005

18/09/2005 a 24/09/2005

11/09/2005 a 17/09/2005

04/09/2005 a 10/09/2005

28/08/2005 a 03/09/2005

21/08/2005 a 27/08/2005

14/08/2005 a 20/08/2005

07/08/2005 a 13/08/2005


Créditos




.

.

SOLIDÁRIOS DESDE A INFÂNCIA


Você sai de carro com seu filho pequeno. Ao aproximar-se de um sinal, uma criança se aproxima da janela e, rapidamente, você fecha os vidros. Seu filhote fica supreso, parece não entender o que se passa. Como falar de nossos medos? Como explicar o inexplicável? 



Poucas coisas são tão difíceis para os pais quanto explicar aos filhos o que se vê pelas ruas de uma grande cidade, nos cruzamentos, embaixo dos viadutos e pontes. A miséria e o abandono nunca foram tão marcados, pontuados diariamente em programas de TV, jornais e espaços públicos. Não há como fugir das perguntas, dos olhares inquisidores. Não há como nem por quê.

Embora seja uma tarefa difícil, hoje, mais do que nunca, parece ser necessário que família e escola se debrucem sobre questões sociais e permitam que as crianças e adolescentes percebam que todos têm uma tarefa diante da dura realidade que permeia o cotidiano.

Tudo começa em casa

Muito se discute, atualmente, sobre a questão da solidariedade e da importância de cada um no processo de transformação da sociedade. Há vários caminhos de ação, mas todos eles exigem que crianças e jovens estejam conscientes e sensibilizados para a vida real.

Responder de forma direta e simples às questões trazidas pelos filhos parece ser o começo de tudo. É o primeiro passo para que reflitam sobre as desigualdades e a falta de oportunidades de grande parte da população. Isso não é novidade para seu filho, lembre-se disso. Em suas perguntas, ele apenas procura compreender melhor o que vê no dia-a-dia e busca algumas respostas e coerência em seus atos.

Da consciência à ação

Teorizar sobre as desigualdades não basta. Não altera a realidade e não permite que seu filho perceba a importância de sua ação. Parece ser necessário procurar algumas saídas mais efetivas e concretas. Por que não conversar em família sobre possibilidades que estejam ao alcance de todos e que signifiquem contribuição real?

Para os pequenos, a doação regular de revistas, livros, roupas e brinquedos pode ser um bom começo! Mas, veja bem, a doação de qualquer bem material é somente um lado da questão. Interessante seria que, juntos, vocês pudessem visitar a instituição beneficiada, que houvesse a possibilidade de aproximação entre quem doa e quem recebe.

Visitas periódicas a alguma comunidade podem "render" mais, muito mais do que somente enviar doações. É do contato com as pessoas e suas necessidades que vislumbramos outras formas de atuação - na maioria, mais eficazes, com resultados mais expressivos. O grande vazio das instituições está na solidão, no abandono. Então, por que não contribuir com brincadeiras, conversas informais, jogos, leituras? Essas são possibilidades de ação que realmente transformam as pessoas: agem sobre quem dá e sobre quem recebe.

Construindo a cidadania

À medida em que as crianças crescem, suas possibilidades de auxílio podem ser bem mais significativas. Atualmente, várias instituições de ensino fundamental e médio têm procurado, por meio de atividades voluntárias, estimular os jovens a participar de projetos junto a comunidades carentes. Essa é uma tendência que cresce a cada dia, uma vez que a escola parece começar a compreender que só formará seus alunos de forma integral se houver o comprometimento com o outro.

As propostas são as mais diversas: reciclagem, leitura de histórias, alfabetização, trabalhos corporais, jogos, oficinas. A idéia é o compromisso com o próximo. Para que se tornem adultos responsáveis e atuantes. Para que vinculem seu aprendizado teórico à prática e para que, principalmente, percebam que ajudar não significa apenas doar bens materiais.

Se a escola de seu filho se envolve projetos dessa natureza, incentive-o a participar. A experiência é rica e não deve ser ignorada em nome de medos, ansiedades ou questões práticas.

Caminho de mão dupla

O voluntariado é um caminho de mão dupla. Nessas atividades crianças e jovens percebem que não somente doam, mas recebem, aprendem, tiram lições que nenhum discurso ou aula teórica lhes dará.

Esse tipo de experiência também faz com que enxerguem sua própria realidade com outros olhos: passam a valorizar o que possuem, a rever seus hábitos e crenças. Para o adolescente, a possibilidade de participar de um projeto social pode significar preencher um vazio próprio da fase que atravessa.

Por tudo isso os adultos não podem - nem devem - se furtar de ajudá-los a seguir em frente. Cuidar daqueles que precisam é assumir atitudes que representam mudanças. É trabalhoso, toma tempo, provoca inquietações. Mas, com certeza, fará de crianças e jovens seres mais participativos e atuantes em sua comunidade.

*Norma Leite Brandão é pedagoga e educadora da VERCRESCER assessoria educacional.

Editado por NilceuProf

Haloscan

Zip Net


Enviar esta mensagem




.

.

 

PROFESSORES CONCURSADOS:TOMAR POSSE ATÉ

DIA 26-01 . Prazo prorrogado; estava

marcado para  até dia 20.

 

Os 28 mil professores que passaram em concursos para o Estado e foram nomeados para assumir o cargo em 2006 podem participar do processo de escolha das escolas em que darão aulas. Para isso, os novos efetivos terão que tomar posse e apresentar documentos até 26 de janeiro na escola em que foram efetivados, onde indicarão a Diretoria de Ensino em que pretendem concorrer.

Os melhores classificados nos exames de seleção puderam escolher vagas em primeiro lugar. Os que ficaram no fim da lista de classificação tiveram menor liberdade de escolha. Assim, parte dos aprovados teve que aceitar vagas distantes de suas residências. Agora, os interessados terão oportunidade de participar do processo de atribuições de aulas e de manter o cargo, ingressando na escola que escolheram oficialmente, mas exercendo substituição docente na Diretoria de Ensino de sua opção, desde que haja vagas.

Só os professores que tomarem posse até 20 de janeiro poderão participar dessas atribuições, previstas no artigo 22 da LC 444/85. Caso o docente não queira participar da atribuição, o prazo para a posse é de 30 dias, prorrogável por mais 30, a partir da nomeação em Diário Oficial - que aconteceu no dia 28 de dezembro.

Ao todo são 28.036 professores nomeados, aprovados nos últimos concursos da Secretaria de Estado da Educação: 8.748 professores de Educação Básica I (da 1ª à 4ª série do Ensino Fundamental); 15.670 professores Educação Básica II, das disciplinas de Português, Química, História, Geografia, Ciências Físicas e Biológicas, Biologia, Educação Artística, Matemática, Física e Inglês; 3.431 professores Educação Básica II, na disciplina Educação Física; e 187 professores Educação Básica II, na disciplina de Filosofia.

Para tomar posse, o professor deverá apresentar a seguinte lista de documentos originais:

a) cédula de identidade (RG), comprovando ser brasileiro;

b) título de eleitor e prova de que votou na última eleição ou de que pagou a respectiva multa ou, ainda, de que se justificou perante a Justiça Eleitoral;

c) comprovante de estar em dia com as obrigações militares;

d) declaração, de próprio punho, de boa conduta e de não ter sofrido penalidades nos últimos cinco anos, com relação a demissão ou cassação de aposentadoria por equivalência, e nos últimos dez anos, quando se tratar de demissão a bem do serviço público, ou cassação de aposentadoria por equivalência;

e) comprovação por pai/mãe ou responsável por criança em idade escolar, de que a mesma está matriculada em estabelecimento de ensino;

f) em caso de acumulação, encontrar-se com o ato decisório favorável/legal devidamente publicado em DOE, conforme dispõe o § 1º do artigo 8º do Decreto 41.915/97, devendo esta publicação ser posterior à data do ato de nomeação e anterior à data da posse;

g) o disposto na alínea anterior aplica-se, igualmente, ao ingressante que irá acumular o novo cargo com proventos pagos por cofres públicos, referentes à aposentadoria em cargo ou função pública, exercida anteriormente em qualquer alçada (federal, estadual ou municipal);

h) Certificado de Sanidade e Capacidade Física (laudo médico) declarando-o apto ao exercício do cargo, expedido pelo Departamento de Perícias Médicas do Estado (DPME) ou por unidades devidamente autorizadas, conforme artigo 7º do Decreto 29.180/88, ou prova de isenção, nos termos do artigo 55, combinado com o artigo 217 da Lei 10.261/68, ou nos termos da Lei Complementar nº 157/77.

i) Diploma devidamente registrado por órgão de competência, correspondente à habilitação específica exigida no Edital do concurso do cargo que irá prover, na seguinte conformidade:

- para Professor Educação Básica I: diploma de Curso Normal Superior, com habilitação em Magistério das Séries Iniciais do Ensino Fundamental, ou de Licenciatura Plena em Pedagogia, com habilitação em Magistério das Séries Iniciais do Ensino Fundamental, ou ainda certificado de conclusão de curso do Programa Especial de Formação Pedagógica Superior, qualquer que seja a nomenclatura do curso, com habilitação em Magistério das Séries Iniciais do Ensino Fundamental, e

- para Professor Educação Básica II: diploma de Licenciatura Plena, cuja habilitação específica seja a disciplina objeto da nomeação, ou certificado expedido nos termos da Resolução CNE-2/97, de Licenciatura Plena específica na disciplina objeto do concurso, neste caso, acompanhado da apresentação do diploma, devidamente registrado, do curso de bacharelado/tecnologia de nível superior, que embasou a referida licenciatura.

Editado por NilceuProf

Haloscan

Zip Net


Enviar esta mensagem




.

.

Número de candidatos a bolsas do ProUni passa
de 700 mil
 

Mais de 700 mil alunos de baixa renda se inscreveram para receber bolsas de estudo no Programa Universidade para Todos (ProUni), do Ministério da Educação. O resultado do processo seletivo do ProUni deve ser divulgado sexta-feira e estará disponível na página do MEC na internet (www.mec.gov.br/prouni).

O ProUni beneficia candidatos que tenham cursado o ensino médio em escola pública ou em instituição particular com bolsa integral; que tenham prestado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem); que tenham renda familiar per capita de até 1,5 salário mínimo para a bolsa integral e de até três salários mínimos por cada pessoa para a parcial.

No primeiro semestre deste ano, vão ser concedidas mais de 91 mil bolsas - 63 mil integrais. Até o final do ano, vão ser distribuídas 130 mil bolsas, dentro da meta do Plano Nacional de Educação de promover acesso ao ensino superior, até o ano de 2011, de 30% da população entre 18 e 24 anos de idade, segundo informações do MEC.

O candidato à bolsa do ProUni não precisa prestar vestibular, nem estar matriculado na instituição em que pretende se inscrever. Entretanto, é facultado às instituições submeter os candidatos pré-selecionados a um processo seletivo específico e isento de cobrança de taxa.

De acordo com o MEC, "a implementação do ProUni, somada à criação de 9 universidades federais e 36 novos campi , amplia significativamente o número de vagas na educação superior, interioriza a educação pública e gratuita e combate as desigualdades regionais".

Segundo o ministério, "o ProUni se insere no compromisso do governo federal de democratizar o acesso à educação superior, representando uma política pública de ampliação de vagas, de estímulo ao processo de inclusão social e de geração de trabalho e renda para os jovens".

Agência Brasil

 

Editado por NilceuProf

Haloscan

Zip Net


Enviar esta mensagem




.

.

PROCON orienta pais para a compra de

material escolar


O Procon-SP divulgou uma série de dicas para ajudar os pais nesta época do ano quando as escolas liberam a lista de material que deve ser comprado para o ano letivo que se inicia.

Veja abaixo quais são as orientações do órgão, que é órgão vinculado à Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania do Governo do Estado de São Paulo:

  • Antes de sair às compras, verifique quais os itens que restaram do período letivo anterior e avalie a possibilidade de reaproveitá-los. Em seguida, faça uma pesquisa de preços em diferentes estabelecimentos.

  • Algumas lojas concedem descontos para compras em grandes quantidades, portanto, sempre que possível, reúna um grupo de consumidores e discuta sobre essa possibilidade com os estabelecimentos.

  • Caso a escolha seja pelo pagamento à vista, não deixe de pechinchar. Pagamentos com cartão de crédito são considerados à vista e, portanto, o preço não deve sofrer alteração. Se a alternativa for o pagamento a prazo é preciso checar e comparar as taxas de juros. Para compras com cheques pré-datados, faça com que as datas sejam especificadas na nota fiscal e no verso dos cheques como forma de garantir o depósito na data combinada com a loja.

  • A nota fiscal deve ser fornecida pelo vendedor. Em caso de problemas com a mercadoria é necessário apresentá-la, portanto, exija sempre nota fiscal. Ao recebê-la, cheque se os produtos estão devidamente descritos e recuse quando estiverem relacionados apenas os códigos dos itens, o que dificulta a identificação. Se os produtos adquiridos apresentarem algum problema, mesmo que estes sejam importados, o consumidor tem seus direitos resguardados pelo Código de Defesa do Consumidor. Os prazos para reclamar são: 30 dias para produtos não duráveis e 90 dias para os duráveis (no caso de vícios aparentes).

  • Compras em ambulantes e camelôs devem ser evitadas. Apesar do preço ser mais em conta, eles não fornecem nota fiscal, o que pode dificultar a troca ou assistência do produto se houver necessidade.

  • Fique de olho nas embalagens de materiais como colas, tintas, pincéis atômicos, fitas adesivas, entre outros, que devem conter informações claras, precisas e em língua portuguesa a respeito do fabricante, importador, composição, condições de armazenagem, prazo de validade e se apresentam algum risco ao consumidor.

  • Quanto ao uniforme escolar, veja se existe esta obrigatoriedade na escola em questão e quanto o custo deste irá influenciar no orçamento final. Somente se a instituição educacional possuir uma marca devidamente registrada poderá estabelecer que a compra seja feita na própria escola e/ou em terceiros pré determinados. Segundo o Procon, a Lei 8.907, de 1994, estabelece que a escola deve adotar critérios para a escolha do uniforme levando em conta a situação econômica do estudante e de sua família, bem como as condições de clima da localidade em que a escola funciona.

  • Algumas escolas exigem que o material escolar seja comprado no próprio estabelecimento. Esta é uma prática abusiva, pois é obrigação da escola fornecer as listas de material escolar aos alunos, a fim de que os pais ou responsáveis possam pesquisar preços e escolher o local em que irão adquirir os produtos.

    Quem tiver dúvidas ou reclamações pode procurar o Procon de sua cidade. Confira aqui os endereços.

    Fonte: Terra

  • Editado por NilceuProf

    Haloscan

    Zip Net


    Enviar esta mensagem